Jovem desaparecido desde outubro morto por amigos e atirado a um poço

O cadáver estava coberto por um lençol, havendo por isso “indícios de crime“. Só através de exames feitos no Instituto de Medicina Legal, em Lisboa, será possível identificar o corpo.

Jovem desaparecido desde outubro morto por amigos e atirado a um poço

Jovem desaparecido desde outubro morto por amigos e atirado a um poço

O cadáver estava coberto por um lençol, havendo por isso “indícios de crime“. Só através de exames feitos no Instituto de Medicina Legal, em Lisboa, será possível identificar o corpo.

Os Bombeiros Sapadores de Setúbal resgataram um cadáver num poço seco na freguesia de Gâmbia Ponte e Alto da Guerra, em Setúbal. O cadáver estava “irreconhecível” mas foi encontrado na sequência de uma investigação sobre o desaparecimento de um rapaz de 15 anos, que estava dado como desaparecido desde outubro.

O cadáver estava coberto por um lençol, havendo por isso “indícios de crime“. Só através de exames feitos no Instituto de Medicina Legal, em Lisboa, será possível identificar o corpo.

Jovem desaparecido estava institucionalizado

Lucas Miranda estava desaparecido desde outubro na sequência de um assalto à casa da mãe do jovem e onde este estaria naquele momento, sendo que naquela altura vivia num lar de jovens, de acordo com o CM. A Polícia Judiciária descobriu o cadáver que será do jovem na sequência de uma denúncia. Um jovem que terá testemunhado o crime e quando desabafou com o pai, este foi de imediato às autoridades. Segundo a testemunha, tinha visto Lucas a ser assassinado e os homicidas a atirarem o corpo para um poço nas imediações da instituição.

LEIA MAIS Advogado condenado em 2019 julgado por burlar banco em 350 mil euros

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS