Defesa de Armando Vara pondera recurso

O advogado de Armando Vara afirmou hoje que a defesa do antigo ministro socialista e ex-administrador da Caixa Geral de Depósitos vai ponderar recorrer da decisão que o condena a uma pena efetiva de dois anos de prisão.

Defesa de Armando Vara pondera recurso

Defesa de Armando Vara pondera recurso

O advogado de Armando Vara afirmou hoje que a defesa do antigo ministro socialista e ex-administrador da Caixa Geral de Depósitos vai ponderar recorrer da decisão que o condena a uma pena efetiva de dois anos de prisão.

O advogado de Armando Vara afirmou hoje que a defesa do antigo ministro socialista e ex-administrador da Caixa Geral de Depósitos vai ponderar recorrer da decisão que o condena a uma pena efetiva de dois anos de prisão.

À saída do Tribunal Criminal de Lisboa, Tiago Bastos admitiu a decisão de seguir para recurso, considerando que a pena atribuída pelo coletivo de juízes foi “injusta” e “moral”.

“Acho que é uma decisão injusta. Fundamentalmente, é uma decisão que, do meu ponto de vista, não respeita o direito, cheia de moralismos e moralidades e o direito não é isso”, disse o advogado, acrescentando que, por isso, irá ponderar o recurso da decisão.

O antigo ministro e ex-administrador da Caixa Geral de Depósitos Armando Vara foi hoje condenado a uma pena efetiva de dois anos de prisão pelo crime de branqueamento de capitais.

Armando Vara estava acusado de um crime de branqueamento de capitais, do qual foi pronunciado em processo separado da Operação Marquês.

LEIA AGORA
Idosa de 89 anos em "estado muito grave" depois agredida por meia dúzia de euros
Idosa de 89 anos em “estado muito grave” depois agredida por meia dúzia de euros
Suspeita está referenciada como toxicodependente e foi detida preventivamente. Vítima está hospitalizada em Coimbra em “estado muito grave”. (… continue a ler aqui)

 

Impala Instagram


RELACIONADOS