Debate sobre o escultor Alberto Carneiro quarta-feira na Fundação Gulbenkian

O percurso do escultor Alberto Carneiro (1937-2017) é mote de um debate a realizar na quarta-feira, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, assinalando a doação do seu arquivo à Biblioteca de Arte desta instituição.

Debate sobre o escultor Alberto Carneiro quarta-feira na Fundação Gulbenkian

Debate sobre o escultor Alberto Carneiro quarta-feira na Fundação Gulbenkian

O percurso do escultor Alberto Carneiro (1937-2017) é mote de um debate a realizar na quarta-feira, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, assinalando a doação do seu arquivo à Biblioteca de Arte desta instituição.

O arquivo de Alberto Carneiro doado à Biblioteca de Arte, em 2020, por vontade expressa do artista, é organizado pela historiadora de arte Catarina Rosendo, que modera o debate, às 18:30, no qual participam a escritora Joana Bértholo, o diretor do Museu Internacional de Escultura de Santo Tirso, Álvaro Moreira, a curadora e ex-diretora do Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian Isabel Carlos e o artista plástico Vítor Silva.

O arquivo de Alberto Carneiro reúne “manuscritos e originais datilografados com textos e apontamentos variados, correspondência com artistas, críticos, curadores e estudantes, material fotográfico das ações performativas realizadas na paisagem que deram origem às obras de arte assentes na fotografia, realizadas na década de 1970, e documentação diversa relacionada com a prolífica atividade pedagógica do artista entre o final da década de 1960 e 1999”, segundo comunicado da FCG.

A documentação do arquivo Alberto Carneiro pode ser consultada, mediante autorização e marcação prévias, “servindo de apoio à investigação das obras do artista e ao estudo de investigadores, curadores, críticos, nacionais e estrangeiros”, segundo a fundação.

 

NL // MAG

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS