David Ferreira Luís Carvalho e Ernest W.Baker apresentam hoje coleções na ModaLisboa

A 52.ª edição da ModaLisboa, na qual são apresentadas coleções para o próximo outono/inverno, prossegue hoje com as propostas de, entre outros, David Ferreira, Carlos Gil, Awaytomars, Luís Carvalho e Ernest W. Baker.

David Ferreira Luís Carvalho e Ernest W.Baker apresentam hoje coleções na ModaLisboa

David Ferreira Luís Carvalho e Ernest W.Baker apresentam hoje coleções na ModaLisboa

A 52.ª edição da ModaLisboa, na qual são apresentadas coleções para o próximo outono/inverno, prossegue hoje com as propostas de, entre outros, David Ferreira, Carlos Gil, Awaytomars, Luís Carvalho e Ernest W. Baker.

Embora a ModaLisboa decorra maioritariamente no Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa, hoje os desfiles começam e terminam em zonas da cidade junto ao rio.

A primeira a ‘entrar em cena’, Constança Entrudo escolheu apresentar as suas criações com “tecidos e prints feitos à mão, inspirados na visita a uma fábrica de bordado Madeira que encerrou em 2017”, no Mustik Warehouse, na zona das Janelas Verdes.

Os desfiles prosseguem depois no Pavilhão Carlos Lopes com as propostas de João Magalhães, IMAUVE e David Ferreira, que, tal como Constança Entrudo, estão incluídos da plataforma LAB, dedicada aos novos talentos.

Na primeira coleção que assina em nome próprio (anteriormente apresentava-se como Morecco), João Magalhães “encontrou inspiração em ‘Um Imaginário Termodinâmico’, uma mostra de estruturas áreas do argentino Tomás Sacraceno”.

A Imauve, na coleção que vai apresentar hoje, “destrona os conceitos do passado e propõe uma desaceleração”. David Ferreira criou peças para uma mulher “com personalidade e uma atitude muito única, moderna, dinâmica e positiva”, que “brinca com os códigos de estilo da marca sem se levar demasiado a sério”.

Depois dos novos talentos do LAB será a vez dos ‘consagrados’ Carlos Gil, Awaytomars, Kolovrat e Luís Carvalho apresentarem as suas coleções.

Carlos Gil promete uma coleção “Inspirada na pintura do início do século XX, num misto entre o Neoplasticismo, Cubismo e Abstracionismo”, a Awaytomars irá mostrar um conjunto de peças “cocriadas a partir das roupas enviadas pelos membros do coletivo, consumidores e marcas parceiras”, Kolovrat, “tendo a liberdade como máxima, e a natureza como chave, partiu da figura quasimágica de componentes da floresta, particularmente cogumelos, e usou-os como catalisador da coleção”, e Luís Carvalho “tem como principal referência alguns dos trabalhos do artista digital e de ‘Collage’, Matthieu Bourel, que combina o tradicional corte de papel e colagem com edição digital, animação digital e ainda design de som”.

A jornada de hoje termina, já de noite, num armazém na zona da Matinha, com a estreia na ModaLisboa da Ernest W.Baker, da portuguesa Inês Amorim e do norte-americano Reid Baker.

Os desfiles são acessíveis apenas por convite, mas, à semelhança de edições anteriores, haverá nas imediações do Pavilhão Carlos Lopes várias atividades abertas ao público, como uma loja temporária, exposições, oficinas, ‘masterclasses’ (nas áreas da Sustentabilidade, Comunicação de Moda e Alfaiataria) e um ateliê ao vivo, “onde diversos intervenientes oriundos de múltiplas disciplinas serão convidados a customizar uma peça de roupa”.

Os horários e outras informações sobre as atividades podem ser consultados em www.modalisboa.pt.

A 52.ª edição da ModaLisboa termina no domingo.

JRS // MAG

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS