Criança de 3 anos atirada pela mãe de 5.º andar recebe alta hospitalar

A mãe da criança de três anos atirada de um 5.º andar permanece internada, em estado estável, no mesmo hospital de onde a menina acaba de ter alta.

Criança de 3 anos atirada pela mãe de 5.º andar recebe alta hospitalar

Criança de 3 anos atirada pela mãe de 5.º andar recebe alta hospitalar

A mãe da criança de três anos atirada de um 5.º andar permanece internada, em estado estável, no mesmo hospital de onde a menina acaba de ter alta.

Depois de cinco dias internada, a criança de três anos atirada pela mãe do quinto andar de um prédio, em Jaguaré, zona oeste de São Paulo, teve alta médica do Instituto da Criança, no Hospital das Clínicas. A mãe, Fernanda Garcia, de 29 anos, continua internada. Estará «estável», no mesmo hospital. De acordo com a Polícia Civil, Fernanda cortou a proteção da janela e atirou a filha por volta da meia noite do dia 24 de maio, do quinto andar do edifício. A bebé estava a dormir quando foi arremessada pela janela. Caiu em cima do para-brisa de automóvel, na garagem do prédio.

LEIA DEPOIS
Tragédia em bairro pobre: mata sobrinha e fere mais quatro crianças [vídeo]

Atirou a criança pela janela e ateou fogo ao quarto

Depois de ter atirado a filha, Fernanda Garcia trancou-se cerca de uma hora no apartamento onde habita e ateou fogo às cortinas. Acrescenta ainda a Polícia que Fernanda «estava transtornada e tinha duas facas» com ela. Ameaçava que «iria saltar» pela janela por onde atirou a filha. Os agentes «tentaram acalmá-la, mas ela ateou fogo ao apartamento». Assim que os bombeiros entraram no imóvel, Fernanda atirou-se mesmo pela janela. Está «indiciada por tentativa de homicídio e incêndio». A Polícia espera a alta médica de Fernanda detê-la e interrogá-la.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para este sábado, 1 de junho
Luciana Abreu arrisca perder as filhas para Daniel Souza em Tribunal
Bebé nasce com 3 voltas do cordão umbilical no pescoço e a imagem torna-se viral

Impala Instagram


RELACIONADOS