Covid-19: Visitas aos utentes dos lares em Moura vão ser retomadas segunda-feira

As visitas aos utentes dos lares de idosos do concelho de Moura (Beja) vão ser retomadas a partir de segunda-feira, com exceção do Lar de São Francisco, revelou o Serviço Municipal de Proteção Civil.

Covid-19: Visitas aos utentes dos lares em Moura vão ser retomadas segunda-feira

Covid-19: Visitas aos utentes dos lares em Moura vão ser retomadas segunda-feira

As visitas aos utentes dos lares de idosos do concelho de Moura (Beja) vão ser retomadas a partir de segunda-feira, com exceção do Lar de São Francisco, revelou o Serviço Municipal de Proteção Civil.

As visitas aos utentes dos lares de idosos do concelho de Moura (Beja) vão ser retomadas a partir de segunda-feira, com exceção do Lar de São Francisco, revelou o Serviço Municipal de Proteção Civil.

Em comunicado, a Proteção Civil de Moura informou que o Lar de São Francisco, na cidade alentejana, aguarda ainda a declaração de fim de surto, emitida pela Autoridade de Saúde Pública.

A decisão de retomar as visitas aos lares foi tomada na reunião semanal com as instituições particulares de solidariedade social (IPSS) do concelho, após análise da evolução do número de casos de infeção pelo SARS-CoV-2, na região e sobretudo no concelho, acrescentou a nota.

O Serviço Municipal de Proteção Civil referiu ainda que a situação epidemiológica vai continuar a ser motivo de análise nas próximas reuniões semanais com as IPSS, no sentido de serem “adotadas todas as medidas, que se entendam mais adequadas”, no âmbito do combate à propagação da covid-19.

Segundo Proteção Civil municipal, no concelho de Moura existem atualmente cinco casos ativos de infeção pelo novo coronavírus, que provoca a covid-19, dos quais três na cidade de Moura, um em Amareleja e um em Santo Aleixo da Restauração.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.581.034 mortos no mundo, resultantes de mais de 116 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.512 pessoas dos 809.412 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

 

LEIA AGORA
«Não haverá regresso à normalidade tal e qual a vivíamos», avisa ministra da Saúde
«Não haverá regresso à normalidade tal e qual a vivíamos», avisa ministra da Saúde
«A doença não está ultrapassada», teremos de «manter o distanciamento social», «usar máscara social nos espaços fechados» e manter o mais possível a «higienização das mãos», pede Marta Temido. (… continue a ler aqui)

 

Impala Instagram


RELACIONADOS