Covid-19: Unidade de cuidados continuados na Madeira com 24 utentes infetados

A unidade de cuidados continuados da Associação Living Care – Atalaia, na Madeira, informou hoje ter detetado 24 casos positivos de covid-19 entre os 226 utentes, uma situação que está a ser acompanhada pelas entidades de saúde da região.

Covid-19: Unidade de cuidados continuados na Madeira com 24 utentes infetados

Covid-19: Unidade de cuidados continuados na Madeira com 24 utentes infetados

A unidade de cuidados continuados da Associação Living Care – Atalaia, na Madeira, informou hoje ter detetado 24 casos positivos de covid-19 entre os 226 utentes, uma situação que está a ser acompanhada pelas entidades de saúde da região.

“No dia 14 de janeiro de 2021, perante um resultado positivo a um utente, a equipa clínica decidiu testar todos os 226 utentes da Unidade de Cuidados Continuados Atalaia”, pode ler-se numa nota da instituição.

A Associação Living Care indica que “foram detetados 24 casos positivos de covid-19”, sublinhando que este resultado “carece ainda de confirmação por testes PCR, tendo os mesmos já sido agendados”.

No documento, os responsáveis desta unidade, localizada na freguesia do Caniço, no concelho de Santa Cruz, contíguo a leste do Funchal, mencionam que “os utentes permanecem assintomáticos e foram colocados em isolamento”.

“Foram ativadas todas as medidas de contenção e mitigação previstas na fase avançada do plano de contingência” da unidade, visando “assegurar a máxima proteção e salvaguarda dos utentes não infetados”, acrescentam.

Para o efeito, foram criadas áreas de isolamento e contingência dentro da unidade, tendo sido reforçado o equipamento de proteção individual para fase avançada.

Esta situação. lê-se na mesma nota, “foi partilhada, acompanhada e está a ser monitorizada pelas Autoridades Regionais de Saúde, devendo os utentes na ausência de sintomas permanecer na unidade”.

Nos casos dos utentes que apresentem sintomas e, “consoante a determinação do Serviço de Saúde da Madeira, a Autoridade de Saúde Região e a Coordenação Regional Anti-Covid, os utentes deverão ser transportados para a unidade hospitalar”.

A associação menciona que, “ativada a presente fase avançada de contingência, o plano de testagem prevê a realização de testes antigénio” a cada três dias, a todos os utentes, colaboradores, com o objetivo de “assegurar uma elevada contenção da infeção, através do diagnóstico precoce”.

Segundo a informação divulgada, os “familiares dos doentes infetados foram devidamente informados pela equipa clínica”.

“Estamos a fazer todos os esforços para mitigação da situação de contágio na Unidade de Cuidados Continuados Atalaia”, conclui.

De acordo os últimos dados divulgados pelas Direção Regional de Saúde, a Madeira registou na quinta-feira 111 novos casos de covid-19 e mais uma morte, elevando para 23 o número de óbitos associados à doença.

O boletim epidemiológico indicava 1.404 casos ativos, dos quais 128 importados e 1.276 de transmissão local.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.994.833 mortos resultantes de mais de 93 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 8.543 pessoas dos 528.469 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

AMB // MLS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS