Covid-19: UE reconhece certificados emitidos no Brasil e vice-versa

A Comissão Europeia decidiu hoje reconhecer os certificados covid-19 emitidos no Brasil, aumentando para 46 os países terceiros cujos documentos são reconhecidos na União Europeia (UE), passando os dos 27 Estados-membros a ser aceites no país.

Covid-19: UE reconhece certificados emitidos no Brasil e vice-versa

Covid-19: UE reconhece certificados emitidos no Brasil e vice-versa

A Comissão Europeia decidiu hoje reconhecer os certificados covid-19 emitidos no Brasil, aumentando para 46 os países terceiros cujos documentos são reconhecidos na União Europeia (UE), passando os dos 27 Estados-membros a ser aceites no país.

Segundo um comunicado do executivo comunitário, foi hoje adotada uma nova decisão de equivalência, o que significa que os titulares de certificados covid-19 emitidos pelo Brasil podem utilizá-los nas mesmas condições que os de documentos emitidos na UE.

Simultaneamente, os certificados digitais covid-19 emitidos na UE passam a ser válidos no Brasil.

A equivalência entra em vigor neste sábado.

O Certificado Digital Covid da UE é uma prova digital de que uma pessoa foi vacinada contra a doença, recebeu um resultado negativo no teste ou recuperou da virose.

Na quarta-feira, a UE e a Organização Mundial de Saúde (OMS) alertaram para o aumento dos casos de covid-19, que sugerem ter começado uma nova vaga de infeções, e apelam para o reforço da vacinação.

Numa declaração conjunta esta quarta-feira divulgada, a Comissão Europeia, a OMS e o Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC) referem que a pandemia da covid-19 ainda não acabou e os números de casos têm estado a subir, “indicando que começou uma nova vaga” com a chegada do outono.

A covid-19, causada pelo vírus SARS-Cov-2, já contaminou mais de 620 milhões de pessoas e causou quase sete milhões de mortes, segundo os dados mundiais mais recentes da OMS.

IG // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS