Covid-19: Trinta e um infetados confirmados em novo surto em lar de Beja

Um surto de covid-19 identificado no Lar de Idosos do Centro Paroquial e Social do Salvador, em Beja, já infetou 31 pessoas, sendo 24 utentes e sete funcionários, divulgou hoje a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA).

Covid-19: Trinta e um infetados confirmados em novo surto em lar de Beja

Covid-19: Trinta e um infetados confirmados em novo surto em lar de Beja

Um surto de covid-19 identificado no Lar de Idosos do Centro Paroquial e Social do Salvador, em Beja, já infetou 31 pessoas, sendo 24 utentes e sete funcionários, divulgou hoje a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA).

Um surto de covid-19 identificado no Lar de Idosos do Centro Paroquial e Social do Salvador, em Beja, já infetou 31 pessoas, sendo 24 utentes e sete funcionários, divulgou hoje a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA).

Trata-se do segundo surto identificado em lares de idosos na cidade de Beja e no período de uma semana, depois de, na passada quarta-feira, ter sido confirmado o primeiro, no lar Mansão de São José, com 107 infetados.

Segundo a ULSBA, dos 146 testes de despiste de covid-19 feitos a todos os utentes e funcionários do Lar de Idosos do Centro Paroquial e Social do Salvador, 31 deram resultados positivos, 113 negativos e dois inconclusivos.

Entre os 31 casos positivos, há 24 utentes e sete funcionários do lar, precisa a ULSBA, referindo que os dois testes inconclusivos são de uma utente e de uma funcionária.

O primeiro caso de covid-19 detetado no Lar de Idosos do Centro Paroquial e Social do Salvador foi o de uma funcionária que fez um teste que deu resultado positivo no âmbito de um programa de testagem aleatória efetuado pela Segurança Social, explicou hoje à agência Lusa fonte da ULSBA.

Na sequência do primeiro resultado positivo, foram feitos testes de despiste de covid-19 a contactos diretos da funcionária, o que permitiu detetar a infeção em outras duas funcionárias do lar.

Por isso, a autoridade de saúde decidiu realizar testes a todos os utentes e aos restantes funcionários do lar, disse a fonte.

A ULSBA indica que já foram adotadas todas as medidas protocoladas para casos do género e, em articulação com as outras entidades envolvidas, está a acompanhar e a fazer uma avaliação diária da situação no Lar de Idosos do Centro Paroquial e Social do Salvador.

O surto de covid-19 no lar Mansão de São José foi confirmado na passada quarta-feira, depois de utentes e funcionários terem sido testados à presença do novo coronavírus que provoca a doença covid-19 e na sequência da confirmação de dois casos positivos, de uma utente e de uma funcionária.

O primeiro caso de covid-19 detetado no lar Mansão de São José foi o de uma utente de 89 anos, que deu entrada no dia 12 deste mês no Serviço de Urgência do hospital de Beja, onde fez um teste de despiste do covid-19 que deu positivo e foi internada.

Após ter sido detetado o primeiro caso, foram feitos testes de despiste aos restantes utentes e funcionários do lar, o que permitiu detetar mais 106 infeções.

Do total de 107 infetados no surto no lar, que apenas acolhe utentes do sexo feminino, 87 são utentes e os restantes 20 funcionários.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 40 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo o mais recente balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.198 pessoas dos 101.860 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

 

Impala Instagram


RELACIONADOS