Covid-19: TAP com dois voos Luanda-Lisboa esta semana

A transportadora aérea portuguesa TAP prevê realizar dois voos de ligação Luanda-Lisboa esta semana, na quarta-feira, dia 05 e na sexta-feira, dia 07 de agosto, anunciou o Consulado de Portugal em Luanda.

Covid-19: TAP com dois voos Luanda-Lisboa esta semana

Covid-19: TAP com dois voos Luanda-Lisboa esta semana

A transportadora aérea portuguesa TAP prevê realizar dois voos de ligação Luanda-Lisboa esta semana, na quarta-feira, dia 05 e na sexta-feira, dia 07 de agosto, anunciou o Consulado de Portugal em Luanda.

A partida está prevista para as 22:45, indica o consulado, acrescentando que os interessados deverão contactar diretamente as agências de viagem e/ou as companhias aéreas.

Também a TAAG tem vários voos previstos para ligar Luanda a Lisboa, nos dias 06, 13, 20 e 27 de agosto.

Segundo as regras para o tráfego aéreo atualmente em vigor, os passageiros devem apresentar um teste negativo de rastreio à covid-19, realizado nas 72 horas anteriores à partida. Esta medida é excecionada aos que estejam em trânsito e não tenham de deixar as instalações aeroportuárias.

Os cidadãos nacionais e estrangeiros com residência legal em Portugal e ainda o pessoal diplomático acreditado em Portugal que, a título excecional, não apresentem aquele comprovativo terão de fazer o teste à chegada, em instalações no interior do aeroporto, e a expensas próprias.

Caso se recusem a fazer o teste à chegada incorrem nos crimes de desobediência e propagação de doença contagiosa.

Relativamente aos cidadãos estrangeiros será recusada a entrada em território nacional de todos os passageiros que embarcarem sem o teste realizado, sendo a companhia aérea objeto de uma contraordenação em caso de incumprimento.

Angola mantém todas as suas fronteiras encerradas desde o dia 20 de março, autorizando apenas voos de carga ou de caráter humanitário para transporte de cidadãos estrangeiros que desejam regressar ao seu país ou repatriamento de angolanos.

O país e a província de Luanda, foco da pandemia, estão sob cerca sanitária, pelo menos até 09 de agosto.

Depois do período de estado de emergência, Angola vive, desde 26 de maio, situação de calamidade pública e conta com um total de 1.199 casos de covid-19, dos quais 55 óbitos, 461 recuperados e 684 ativos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 689 mil mortos e infetou mais de 18,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

RCR // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS