Covid-19: Sobe para quatro o número de mortes do surto no lar do Salvador em Beja

O número de vítimas mortais do surto de covid-19 no Lar do Salvador, em Beja, subiu para quatro, com a morte de mais dois utentes, disse hoje à agência Lusa a presidente da unidade local de saúde.

Covid-19: Sobe para quatro o número de mortes do surto no lar do Salvador em Beja

Covid-19: Sobe para quatro o número de mortes do surto no lar do Salvador em Beja

O número de vítimas mortais do surto de covid-19 no Lar do Salvador, em Beja, subiu para quatro, com a morte de mais dois utentes, disse hoje à agência Lusa a presidente da unidade local de saúde.

Os dois idosos, que morreram recentemente, estavam internados em enfermarias da área dedicada à covid-19 no hospital de Beja, precisou a presidente da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), Conceição Margalha.

Segundo a responsável, todos os infetados no surto no Lar de Idosos do Centro Paroquial e Social do Salvador que estiveram internados no hospital de Beja e sobreviveram já tiveram alta relacionada com a doença covid-19.

O surto de covid-19 identificado no lar foi divulgado pela ULSBA no dia 19 de outubro e infetou um total de 32 pessoas, nomeadamente 25 utentes – quatro dos quais morreram – e sete funcionários.

O primeiro caso de infeção pelo novo vírus que provoca a doença covid-19 detetado no lar foi o de uma funcionária que fez um teste que deu resultado positivo no âmbito de um programa de testagem aleatória efetuado pela Segurança Social, explicou à Lusa fonte da ULSBA.

Na sequência do primeiro resultado positivo, foram feitos testes de despiste de covid-19 a contactos diretos da funcionária, o que permitiu detetar a infeção em outras duas funcionárias do lar.

Por isso, a autoridade de saúde decidiu realizar testes a todos os utentes e aos restantes funcionários do lar, o que levou à deteção da infeção em 25 utentes e mais quatro funcionários.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.275.113 mortos em mais de 51,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo o mais recente balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 3.103 pessoas dos 192.172 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

LL // MCL

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS