Covid-19: Sobe para cinco o número de mortes em lar de Caminha

A morte de um utente do lar do Bom Jesus dos Mareantes, em Caminha, elevou para cinco o número de óbitos naquela instituição, que tem atualmente 54 utentes e 24 funcionários infetados com o novo coronavírus, foi hoje revelado.

Covid-19: Sobe para cinco o número de mortes em lar de Caminha

Covid-19: Sobe para cinco o número de mortes em lar de Caminha

A morte de um utente do lar do Bom Jesus dos Mareantes, em Caminha, elevou para cinco o número de óbitos naquela instituição, que tem atualmente 54 utentes e 24 funcionários infetados com o novo coronavírus, foi hoje revelado.

Contactada pela agência Lusa, a diretora daquela instituição no distrito de Viana do Castelo, Cristina Malhão, adiantou que o utente morreu na segunda-feira, sendo que dos 54 idosos infetados “quatro estão hospitalizados”.

Antes do início do surto de covid-19, detetado no dia 03, o lar acolhia um total de 63 idosos.

Do total de 42 funcionários, o surto de covid-19 infetou 24, sendo que “apenas nove estão disponíveis para trabalhar, porque os restantes já se encontravam de baixa médica”.

Cristina Malhão adiantou que na segunda-feira chegou à instituição uma Brigada de Intervenção Rápida composta por dois enfermeiros e quatro auxiliares.

“A situação não está estabilizada. Está um pouco mais controlada. Consigo aguentar assim a instituição mais uma semana. Não consigo aguentar muito mais. Preciso é que as minhas funcionárias comecem a testar negativo para voltarem ao seu local de trabalho”, referiu.

No domingo, o presidente da Câmara de Caminha pediu ajuda para fazer face à situação “caótica” do lar do Bom Jesus dos Mareantes que, naquele dia, registava quatro mortes.

“A situação na Casa de Repouso da Confraria do Bom Jesus dos Mareantes está descontrolada. É caótica, apesar das ajudas que nos foram chegando da Segurança Social que já tem, há alguns dias, uma brigada de Intervenção Rápida com três pessoas. Precisamos de ajuda”, apelou Miguel Alves.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.328.048 mortos resultantes de mais de 55 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 3.553 pessoas dos 230.124 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

ABC // JAP

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS