Covid-19: Sete casos “importados” de Luanda aumentam total em São Tomé e Príncipe para 921

O Ministério da Saúde de São Tomé e Príncipe anunciou hoje sete “casos importados de Angola” de covid-19, aumentando para 921 as infeções acumuladas no país.

Covid-19: Sete casos

Covid-19: Sete casos “importados” de Luanda aumentam total em São Tomé e Príncipe para 921

O Ministério da Saúde de São Tomé e Príncipe anunciou hoje sete “casos importados de Angola” de covid-19, aumentando para 921 as infeções acumuladas no país.

“Recebemos ontem [quarta-feira] um voo que veio de Angola, no qual chegaram sete pessoas infetadas com o vírus da covid-19”, disse Isabel dos Santos, porta-voz do Ministério da Saúde.

“Os doentes vieram já com os testes positivos feitos no exterior”, explicou a responsável.

No voo humanitário da transportadora aérea angolana TAAG regressaram a São Tomé 47 passageiros que foram colocados em quarentena, distribuídos em diferentes hotéis da capital.

O ministro da Saúde são-tomense considerou ser uma medida sanitária necessária para “evitar que haja a menor probabilidade possível de contaminação”.

O governante acrescentou que o seu país tem um quadro epidemiológico que “precisa” ser protegido da “melhor forma possível” para que “não haja nenhum surto que o possa alterar”.

De acordo com a porta-voz do ministério, nas últimas 24 horas foram realizados 28 testes, sem que tivessem registado qualquer caso positivo.

Com os sete casos positivos regressados de Luanda, o número de casos positivos em isolamento aumentou para 16, mantendo-se as 15 vítimas mortais associadas à covid-19.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e cinquenta e sete mil mortos e mais de 36,2 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

MYB // LFS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS