Covid-19: Secretário de Estado Jorge Botelho apresenta queixa contra bastonária dos enfermeiros

O secretário de Estado que coordena no Algarve o combate à covid-19 disse hoje ter apresentado uma queixa por difamação contra a bastonária da Ordem dos Enfermeiros, que o acusou a si e à mulher de terem sido vacinados indevidamente.

Covid-19: Secretário de Estado Jorge Botelho apresenta queixa contra bastonária dos enfermeiros

Covid-19: Secretário de Estado Jorge Botelho apresenta queixa contra bastonária dos enfermeiros

O secretário de Estado que coordena no Algarve o combate à covid-19 disse hoje ter apresentado uma queixa por difamação contra a bastonária da Ordem dos Enfermeiros, que o acusou a si e à mulher de terem sido vacinados indevidamente.

O secretário de Estado que coordena no Algarve o combate à covid-19 disse hoje ter apresentado uma queixa por difamação contra a bastonária da Ordem dos Enfermeiros, que o acusou a si e à mulher de terem sido vacinados indevidamente.

“A queixa foi enviada por correio para o Tribunal Judicial da Comarca de Tavira, onde deverá ter dado entrada hoje ou dará amanhã [quinta-feira]”, afirmou à Lusa o secretário de Estado da Descentralização e da Administração Local, Jorge Botelho.

O governante adiantou que a queixa interposta é pelo “crime de difamação agravada”, e prevê que siga, agora, “os seus trâmites normais, na sequência das declarações da senhora bastonária escrita nas redes sociais”.

No sábado à noite, Ana Rita Cavaco fez uma publicação numa rede social em que classifica Jorge Botelho e a mulher, Margarida Flores, como “fura filas e chicos espertos” por alegadamente terem sido vacinados indevidamente contra a covid-19.

A mulher do secretário de Estado, que é diretora do Centro Distrital de Faro da Segurança Social, vai também avançar com uma queixa contra Ana Rita Cavaco, mas num processo judicial à parte do marido.

A intenção de Jorge Botelho e Margarida Flores em avançar com processos-crime contra a bastonária da Ordem dos Enfermeiros foi noticiada na segunda-feira pelo jornal Sulinformação.

Na publicação da bastonária, é dito que Margarida Flores “pegou nela, dizem, na família e nuns amigos socialistas e toca de fazer de fura filas e chicos espertos a tomar a vacina”.

Esta semana foi também tornada pública a vacinação da presidente da Câmara de Portimão, Isilda Gomes, alegadamente como “condição necessária” para poder fazer voluntariado no hospital de campanha com enfermaria covid-19, instalado naquela cidade.

“Na data da abertura do CHUA ARENA todos os que exerciam funções foram vacinados, o mesmo tendo sido solicitado a Isilda Gomes na qualidade de voluntária do projeto Visitas Virtuais, tendo sido esta condição necessária para que pudesse exercer esta função”, lê-se numa publicação do município de Portimão numa rede social.

A vacinação contra a covid-19 dos idosos com 80 ou mais anos e de pessoas entre os 50 e os 79 anos e com comorbilidades, arrancou esta semana nos centros de saúde, abrangendo mais de 900 mil portugueses.

Esta é uma nova etapa da fase 1 do plano nacional de vacinação contra o novo coronavírus, que se iniciou a 27 de dezembro, e que foi recentemente atualizado, passando a incluir a vacinação simultânea das pessoas com 80 ou mais anos de idade.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS