Covid-19: Rússia regista recorde de 456 mortes nas últimas 24 horas

A Rússia registou 456 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, o maior número contabilizado num só dia desde o início da pandemia, informou o Centro russo de Luta Contra o Coronavírus.

Covid-19: Rússia regista recorde de 456 mortes nas últimas 24 horas

Covid-19: Rússia regista recorde de 456 mortes nas últimas 24 horas

A Rússia registou 456 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, o maior número contabilizado num só dia desde o início da pandemia, informou o Centro russo de Luta Contra o Coronavírus.

No total, a Rússia contabiliza 34.387 vítimas mortais desta doença contagiosa desde março passado, referem as autoridades locais.

Nas últimas 24 horas, o país detetou, no entanto, menos infetados do que nos dias anteriores, registando 20.985 casos nas 85 regiões russas, o valor mais baixo desde a semana passada.

Destes novos casos, quase um quarto (24,3%), ou seja, 5.094 pessoas estão assintomáticas, adiantaram as autoridades de saúde.

Além disso, refere o Centro de Luta Contra o Coronavírus, pela primeira vez desde 16 de setembro, houve mais recuperações num dia do que novos casos.

Nas últimas 24 horas, 25.179 pessoas recuperaram da doença na Rússia, elevando o número total de recuperados para 1.501.083.

A Rússia está prestes a ultrapassar dois milhões de pessoas infetadas, registando hoje um total de 1.991.998 infeções confirmadas desde o início da pandemia.

A Rússia é o quinto país com o maior número de casos confirmados de coronavírus, depois dos Estados Unidos, Índia, Brasil e França.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.328.048 mortos resultantes de mais de 55 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

PMC // FPA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS