Covid-19: República Checa regista 8.325 novos casos da doença

A República Checa registou nas últimas 24 horas um total de 8.325 novos casos do SARS-CoV-2, no dia em que entram em vigor a ordem de encerramento de escolas, bares e restaurantes por duas semanas.

Covid-19: República Checa regista 8.325 novos casos da doença

Covid-19: República Checa regista 8.325 novos casos da doença

A República Checa registou nas últimas 24 horas um total de 8.325 novos casos do SARS-CoV-2, no dia em que entram em vigor a ordem de encerramento de escolas, bares e restaurantes por duas semanas.

Este é o segundo maior número de novos casos desde o início da pandemia de covid-19 no país.

O Ministério da Saúde informou hoje que existem atualmente 68.740 infeções ativas no país, que regista 524 casos acumulados nos últimos catorze dias por 100.000 habitantes, o maior número da União Europeia (UE), à frente da Bélgica (429) e da Espanha (300).

Existem atualmente 2.503 pessoas hospitalizadas devido ao SARS-CoV-2, 467 destas em estado grave.

O número de médicos infetados cresceu 79% na última semana, segundo dados da Câmara Checa de Médicos, o que levou muitos hospitais a solicitarem a ajuda de estudantes de medicina, algo previsto no estado de emergência vigente até 03 de novembro.

Em alguns lugares, também foi solicitada a ajuda do exército para ajudar nas instituições como lares, onde o novo coronavírus afetou funcionários e utentes, algo que já aconteceu durante a primeira onda da pandemia na primavera.

Hoje entram em vigor as novas medidas para conter a pandemia, entre as quais o encerramento de escolas, com exceção de creches, até 02 de novembro, e de bares e restaurantes até 03 de novembro, data em que a princípio, termina o estado de alerta decretado em 05 de outubro.

As autoridades exigiram que os estudantes universitários deixassem os campus e a obrigação de usar máscara foi estendida a todas as paragens do transporte público.

Além disso, o consumo de álcool em espaços públicos foi proibido e o número de pessoas que podem reunir-se em ambientes fechados foi limitado a seis.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e oitenta e um mil mortos e mais de 37,8 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.110 pessoas dos 89.121 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

CSR // FPA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS