Covid-19: Reino Unido abre vacinação a pessoas com 44 anos 

O Reino Unido registou seis mortes e 2.064 novos casos nas últimas 24 horas, de acordo com dados divulgados hoje, data em que o Governo abriu o programa de vacinação às pessoas com 44 anos.

Covid-19: Reino Unido abre vacinação a pessoas com 44 anos 

Covid-19: Reino Unido abre vacinação a pessoas com 44 anos 

O Reino Unido registou seis mortes e 2.064 novos casos nas últimas 24 horas, de acordo com dados divulgados hoje, data em que o Governo abriu o programa de vacinação às pessoas com 44 anos.

O Reino Unido registou seis mortes e 2.064 novos casos nas últimas 24 horas, de acordo com dados divulgados hoje, data em que o Governo abriu o programa de vacinação às pessoas com 44 anos.

Esta é a primeira vez que o Governo alarga a vacinação a pessoas de uma idade específica, já que até agora tinha sido por grupos etários faseadamente e de forma decrescente até aos 45 anos.

O plano de vacinação começou em dezembro pelos maiores de 80 anos, profissionais de saúde, maiores de 70 anos e pessoas clinicamente muito vulneráveis e tem vindo a decrescer nas idades, sendo o objetivo das autoridades de Saúde imunizar todos os adultos até ao fim de julho.

No total, 33.752.885 pessoas foram até agora imunizadas com uma primeira dose, das quais 12.897.123 já receberam uma segunda dose, administrada com um intervalo de entre três e 12 semanas.

No domingo, o Reino Unido tinha registado 11 mortes e 1.712 novos casos, mas os valores do fim de semana são normalmente mais baixos devido ao atraso no processamento.

Nos últimos sete dias, entre 20 e 26 de abril, a média diária foi de 23 mortes e 2.309 casos.

O total oficial desde o início da pandemia no Reino Unido passou para 127.434 óbitos confirmados em 4.406.946 casos.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.109.991 mortos no mundo, resultantes de mais de 147 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.965 pessoas dos 834.638 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS