Covid-19: Quatro mortes no Reino Unido confirmam pandemia em recuo 

O Reino Unido registou a morte de quatro pessoas e 2.357 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com os últimos dados do Governo britânico.

Covid-19: Quatro mortes no Reino Unido confirmam pandemia em recuo 

Covid-19: Quatro mortes no Reino Unido confirmam pandemia em recuo 

O Reino Unido registou a morte de quatro pessoas e 2.357 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com os últimos dados do Governo britânico.

Londres, 10 mai 2021 (Lusa) – O Reino Unido registou a morte de quatro pessoas e 2.357 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com os últimos dados do Governo britânico, que hoje baixou o grau de alerta sobre a pandemia. 

Os quatro diretores gerais de Saúde do Reino Unido (Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte) concordaram que o grau de alerta deve passar do nível 4 para o nível 3, o que significa que a transmissão do coronavírus deixou de aumentar exponencialmente.

Nos últimos sete dias, entre 04 e 10 de maio, a média diária foi de 10 mortes e 2.195 casos, o que corresponde a uma descida de 33,3% no número de mortes e um aumento de 3,1% no número de infeções relativamente aos sete dias anteriores.

Desde o início da pandemia, no Reino Unido foram notificados 127.609 óbitos de covid-19 num total de 4.437.217 infeções confirmadas no país.

Desde dezembro foram imunizadas 35.472.295 pessoas com uma primeira dose de uma vacina contra a covid-19, das quais 17.856.550 já receberam também a segunda dose, administrada com um intervalo de entre três e 12 semanas.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.294.812 mortos no mundo, resultantes de mais de 158,2 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.993 pessoas dos 839.740 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

BM // EL

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS