Covid-19: Quarentena obrigatória para quase 150 pessoas de Macau que estiveram em aeroporto chinês

O Governo de Macau disse hoje que 144 pessoas estão em quarentena obrigatória em hotéis designados por terem estado no Aeroporto Internacional de Nanjing Lukou, cidade que registou mais de 90 casos nos últimos dias.

Covid-19: Quarentena obrigatória para quase 150 pessoas de Macau que estiveram em aeroporto chinês

Covid-19: Quarentena obrigatória para quase 150 pessoas de Macau que estiveram em aeroporto chinês

O Governo de Macau disse hoje que 144 pessoas estão em quarentena obrigatória em hotéis designados por terem estado no Aeroporto Internacional de Nanjing Lukou, cidade que registou mais de 90 casos nos últimos dias.

O Governo de Macau disse hoje que 144 pessoas estão em quarentena obrigatória em hotéis designados por terem estado no Aeroporto Internacional de Nanjing Lukou, cidade que registou mais de 90 casos nos últimos dias.

Quem esteve naquele aeroporto e entrou em Macau a partir do dia 14 de julho foi contactado pelas autoridades de saúde do território e terá de fazer uma quarentena obrigatória por um período de até 14 dias seguintes à data de saída do aeroporto.

“Até ao meio-dia (dia 27), no total 144 pessoas foram submetidas a observação médica em hotéis designados”, detalharam hoje as autoridades em comunicado.

A cidade chinesa de Nanjing identificou 31 casos de covid-19, nas últimas 24 horas, anunciou hoje a Comissão de Saúde da China.

Estas infeções elevam o total de casos em Nanjing, no leste do país, para mais de 90, nos últimos dias.

Nanjing lançou uma campanha de testes e colocou sob confinamento dezenas de milhares de pessoas.

As autoridades de Macau estão também em alerta após ter sido registado na segunda-feira um caso de infeção assintomática em Zhuhai, cidade vizinha de Macau com um grande fluxo diário de pessoas na fronteira entre estes dois locais.

“Em caso de percurso cruzado ou atividade relacionada com o novo caso em Zhuhai entre os dias 19 a 21 de julho, devem inscrever-se junto das autoridades sanitárias para o teste de ácido nucleico o mais rápido possível”, apelaram as autoridades de Macau, na segunda-feira.

Entretanto, em Zhuhai, hoje, já foi feito o teste de ácido nucleico a mais de dois milhões de pessoas.

Macau não registou qualquer morte ou surto comunitário desde o início da pandemia de covid-19. E não se verificou também qualquer infeção entre os profissionais de saúde.

Macau registou mais três infetados com o novo coronavírus este fim de semana, elevando o total de casos desde o início da pandemia para 59.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS