Covid-19: Principal partido da oposição moçambicana quer toda a população vacinada

O presidente do principal partido da oposição em Moçambique, Resistência Nacional Moçambicana (Renamo), Ossufo Momade, defendeu hoje que todos os moçambicanos sejam vacinas contra a covid-19, visando estancar a elevada taxa de mortalidade das últimas semanas.

Covid-19: Principal partido da oposição moçambicana quer toda a população vacinada

Covid-19: Principal partido da oposição moçambicana quer toda a população vacinada

O presidente do principal partido da oposição em Moçambique, Resistência Nacional Moçambicana (Renamo), Ossufo Momade, defendeu hoje que todos os moçambicanos sejam vacinas contra a covid-19, visando estancar a elevada taxa de mortalidade das últimas semanas.

“O que nós queremos é que a vacina chegue para todos os moçambicanos, só assim é que vamos diminuir as mortes”, afirmou Ossufo Momade, em declarações hoje à emissora pública Rádio Moçambique.

O dirigente avançou que o país deve massificar a imunização da população para assegurar a proteção da saúde pública e do Sistema Nacional de Saúde (SNS).

O presidente do principal partido da oposição considerou um passo importante para a inoculação geral a chegada ao país em agosto de mais 11 milhões de doses de vacina contra o novo coronavírus anunciado na semana passada pelo chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi.

Moçambique contabiliza 1.118 óbitos e um cumulativo de 99.412 casos positivos, devido à pandemia no país.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 4.086.242 mortos em todo o mundo, entre mais de 189,9 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

 

PMA // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS