Covid-19: Primeiro-ministro de Cabo Verde testa positivo e cancela agenda pública

O primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, testou hoje positivo à covid-19, informou o próprio, adiantando que está assintomático, vai cumprir isolamento de sete dias e cancelou toda a sua agenda pública para os próximos dias.

Covid-19: Primeiro-ministro de Cabo Verde testa positivo e cancela agenda pública

Covid-19: Primeiro-ministro de Cabo Verde testa positivo e cancela agenda pública

O primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, testou hoje positivo à covid-19, informou o próprio, adiantando que está assintomático, vai cumprir isolamento de sete dias e cancelou toda a sua agenda pública para os próximos dias.

“Realizei hoje, dia 08 de junho, um teste PCR à covid-19, tendo testado positivo”, informou o chefe do Governo, adiantando que está assintomático e vai cumprir um período de isolamento de sete dias.

Neste sentido, foi cancelada toda a agenda pública para os próximos dias, incluindo a deslocação à ilha de São Nicolau, de 09 a 13 de junho.

O país voltou em 06 de março à situação de alerta, o menos grave de três níveis, mantendo atualmente um nível “mínimo” de restrições devido à pandemia de covid-19, deixando de ser obrigatório a utilização de máscara na via pública e já no final de abril também em espaços fechados.

Nos últimos dias, o arquipélago registou um aumento de casos diários de covid-19, com os casos ativos a triplicarem numa semana, mas com apenas uma pessoa internada, e uma morte por complicações associadas à doença em 15 semanas, segundo dados do Ministério da Saúde.

O país analisou 555 amostras nas últimas 24 horas e registou 103 novos casos, correspondendo ao maior número diário desde 21 de janeiro, e aumentou para 301 o total de casos ativos, quando há uma semana tinha 79.

Do total de casos ativos, dois terços estão na cidade da Praia (200), que também registou hoje o maior número de casos (73).

Desde o início da pandemia de covid-19, em março de 2020, Cabo Verde soma um acumulado de 56.738 casos da doença, que provocaram 402 óbitos.

Do total de casos registados até agora, 55.983 foram dados como recuperados da infeção respiratória.

Cabo Verde atingiu um recorde diário de cerca de 1.400 novos infetados com o novo coronavírus num único dia em janeiro último, já com a nova variante Ómicron a circular no arquipélago, chegando então a registar mais de 7.000 casos ativos, mas a situação melhorou rapidamente a partir da segunda semana de janeiro.

RIPE // LFS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS