Covid-19: Presidente, vice-presidente e duas secretárias do parlamento da Madeira em isolamento

O presidente e o vice-presidente do parlamento da Madeira e duas secretárias da mesa vão ficar em isolamento profilático nos próximos dias na sequência da deteção de um caso positivo de covid-19, indicou hoje a instituição.

Covid-19: Presidente, vice-presidente e duas secretárias do parlamento da Madeira em isolamento

Covid-19: Presidente, vice-presidente e duas secretárias do parlamento da Madeira em isolamento

O presidente e o vice-presidente do parlamento da Madeira e duas secretárias da mesa vão ficar em isolamento profilático nos próximos dias na sequência da deteção de um caso positivo de covid-19, indicou hoje a instituição.

“Em virtude de ter sido diagnosticado um caso positivo de covid-19 numa das secretárias da Mesa da Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira [Olga Fernandes, do PS], o presidente do parlamento madeirense, José Manuel Rodrigues [CDS-PP], o vice-presidente, José Prada [PSD], e as secretárias da Mesa, Clara Tiago e Cláudia Gomes [PSD], vão ficar em isolamento profilático nos próximos dias, até à realização de testes, de acordo com a diretrizes emanadas pelas autoridades de saúde”, refere em comunicado.

A decisão obedece também ao plano de contingência do parlamento regional para emergência em saúde pública, aprovado a 04 de março de 2020.

A Assembleia Legislativa da Madeira indica, contudo, que mantém a “normal atividade parlamentar”.

“Na próxima semana vão realizar-se dois plenários, na terça-feira e na quarta-feira, pelas 09:00, e as comissões especializadas continuarão a trabalhar à distância, através de videoconferência e por deliberação eletrónica”, adianta.

No comunicado, o parlamento refere também que as comissões de inquérito em curso continuarão os trabalhos, mas poderão realizar, excecionalmente, audições presenciais no hemiciclo, respeitando o físico entre os deputados e os convidados.

Uma norma da Direção-Geral da Saúde, publicada em 30 de janeiro, determina que os titulares de órgãos de soberania e entidades públicas passaram a integrar a fase prioritária de vacinação, mas o parlamento da Madeira decidiu, por unanimidade, prescindir da vacinação geral dos deputados.

Apenas o presidente, o centrista José Manuel Rodrigues, foi vacinado.

De acordo com os dados mais recentes, o arquipélago da Madeira regista 5.633 casos de covid-19 desde março de 2020, dos quais 1.842 ativos estão ativos, e 50 óbitos associados à doença.

DC // HB

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS