Covid-19: Presidente da Câmara de Oeiras infetado com o novo coronavírus

Isaltino Morais está infetado com o coronavírus que causa a covid-19, mas “o seu estado não inspira cuidados especiais”, encontrando-se em isolamento em casa, informou hoje a autarquia.

Covid-19: Presidente da Câmara de Oeiras infetado com o novo coronavírus

Covid-19: Presidente da Câmara de Oeiras infetado com o novo coronavírus

Isaltino Morais está infetado com o coronavírus que causa a covid-19, mas “o seu estado não inspira cuidados especiais”, encontrando-se em isolamento em casa, informou hoje a autarquia.

Oeiras, Lisboa, 28 nov 2021 (Lusa) – O presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Isaltino Morais, está infetado com o coronavírus que causa a covid-19, mas “o seu estado não inspira cuidados especiais”, encontrando-se em isolamento em casa, informou hoje a autarquia.

Segundo uma nota informativa publicada na página do município na rede social Facebook, Isaltino Morais “testou positivo para a covid-19” no sábado e está “a ser acompanhado pelos serviços de saúde” a partir de casa, onde se encontra em isolamento profilático.

“O seu estado não inspira cuidados especiais”, refere a nota, acrescentando que o autarca “continuará a acompanhar os assuntos do município a partir da sua residência”.

A autarquia esclarece, ainda, que todas as pessoas com quem Isaltino Morais manteve recentemente contactos próximos “foram devidamente avisadas”.

A covid-19 provocou pelo menos 5.193.392 mortes em todo o mundo, entre mais de 260,44 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.417 pessoas e foram contabilizados 1.142.707 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China.

Uma nova variante, a Ómicron, foi recentemente detetada na África do Sul e, segundo a Organização Mundial da Saúde, o “elevado número de mutações” pode implicar uma maior infecciosidade.

ER // LFS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS