Covid-19: População de Macau obrigada a fazer três testes rápidos consecutivos devido a novo caso

Todos os residentes de Macau devem fazer um teste rápido para a covid-19, durante três dias consecutivos a partir de hoje, depois de terem sido detetados mais três casos da doença, anunciaram as autoridades.

Covid-19: População de Macau obrigada a fazer três testes rápidos consecutivos devido a novo caso

Covid-19: População de Macau obrigada a fazer três testes rápidos consecutivos devido a novo caso

Todos os residentes de Macau devem fazer um teste rápido para a covid-19, durante três dias consecutivos a partir de hoje, depois de terem sido detetados mais três casos da doença, anunciaram as autoridades.

No sábado, Zhuhai, cidade chinesa adjacente a Macau, informou ter detetado um teste positivo, realizado numa residente de 43 anos.

Esta manhã, o Centro de Coordenação de Contingência do Novo Tipo de Coronavírus anunciou que os dois filhos da mulher apresentaram testes positivos para a covid-19.

As autoridades sanitárias do território isolaram o edifício onde vivem a mulher e os filhos, na zona norte de Macau.

Na quarta-feira, mais de 38 mil pessoas foram obrigadas a fazer um teste à covid-19, depois de ter sido detetado um caso positivo numa residente de 66 anos, levando ao encerramento de um prédio e ruas mais próximas.

Posteriormente, as autoridades detetaram mais três casos positivos na mesma zona, mas consideraram existir um risco de transmissão comunitária relativamente baixo.

Macau, que segue a política de casos zero imposta por Pequim, enfrentou em junho e em julho o pior surto de covid-19 desde o início da pandemia, com as autoridades a decretarem um confinamento parcial.

Desde o início da pandemia, a região administrativa especial chinesa registou seis mortes e mais de 2.500 casos de covid-19.

EJ // JMC

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS