Covid-19: Paul é o primeiro concelho de Cabo Verde a chegar a 100% de pessoas vacinadas

Cabo Verde já vacinou 67,2% da sua população adulta e o concelho do Paul é o primeiro do país com 100% de pessoas vacinadas com pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19, informou hoje fonte oficial.

Covid-19: Paul é o primeiro concelho de Cabo Verde a chegar a 100% de pessoas vacinadas

Covid-19: Paul é o primeiro concelho de Cabo Verde a chegar a 100% de pessoas vacinadas

Cabo Verde já vacinou 67,2% da sua população adulta e o concelho do Paul é o primeiro do país com 100% de pessoas vacinadas com pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19, informou hoje fonte oficial.

Na habitual conferência de imprensa de ponto de situação da pandemia da covid-19 em Cabo Verde, O diretor nacional de Saúde, Jorge Barreto, avançou que o país já aplicou 315.735 doses de vacina, o que corresponde a 77,2% das cerca de 409 mil doses recebidas desde março.

Em termos de primeira dose, disse que a taxa de cobertura é “bastante satisfatória” em 12 concelhos, sobretudo no Paul, em Santo Antão, com 102% de pessoas vacinadas, tornando-se no primeiro no país a chegar aos 100%.

O diretor explicou esses números com o facto de a referência da população no Paul ser ainda o recenseamento geral de 2010, com 6.936 pessoas, já que os dados do censo de 2020 e realizado este ano ainda não estão disponíveis.

“Mas de qualquer forma Paul já alcançou pelo menos 100% da estimativa de adultos vacinados com uma primeira dose da vacina contra a covid-19”, sustentou aquele técnico de saúde.

A seguir ao Paul vem Tarrafal de São Nicolau, com 98,3% de pessoas vacinadas com pelo menos uma dose, Ribeira Grande de Santo Antão com 96,4%, Porto Novo, também em Santo Antão, com 85,8%, Ribeira Brava de São Nicolau com 85% e São Vicente com 81%.

A nível da ilha de Santiago, a maior do país, Jorge Barreto salientou que é onde os concelhos têm taxas de vacinação mais baixas, mas Ribeira Grande e São Lourenço dos Órgãos destacam-se, com 74,4% e 72,5%, respetivamente, e Praia já tem 67,5% de pessoas vacinadas com pelo menos a primeira dose.

A nível nacional, até este momento 67,2% da população adulta já recebeu pelo menos uma dose das vacinas e 18% já tem a vacinação completa, ao seja, já com a segunda dose.

Em termos dos grupos estabelecidos no plano de vacinação, Jorge Barreto deu conta que todos os profissionais de saúde já estão vacinados com uma dose, os idosos com cerca de 84%, pessoas com doença crónica, com 50,3%, profissionais de turismo (41,2%), professores (62,5%), polícias (84,5%), militares (52,8%), bombeiros e proteção civil (90%), pessoal de aviação civil e marítimos (65%).

“A vacinação vai decorrendo da melhor forma possível”, salientou o diretor nacional de Saúde, apelou às pessoas para aderirem à campanha de vacinação contra a covid-19 que está a decorrer em todo o país, para que todos possam estar mais protegidos o mais rápido possível.

O plano nacional de vacinação contra a covid-19 em Cabo Verde traçou inicialmente como meta vacinar até 2023 um total de 60% da população, sendo 20% em 2021, 20% em 2022 e 20% em 2023″.

Mas esse objetivo foi redefinido e o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, considerou em março ser “imperativo” o país vacinar 70% da população ainda este ano para retomar a confiança na economia e o crescimento de emprego.

Em 20 de janeiro, o chefe do Governo aumentou ainda mais a fasquia, esperando imunizar 85% de adultos ainda este ano.

Cabo Verde registou mais 56 novos casos e um óbito nas últimas 24 horas, elevando para um total de 35.283 casos positivos acumulados desde o início da pandemia, dos quais há 310 mortes, 34.186 casos os considerados recuperados e 764 casos ativos.

A covid-19 provocou pelo menos 4.500.620 mortes em todo o mundo, entre mais de 216,34 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.

RIPE // JH

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS