Covid-19: Pandemia evidenciou necessidade de «mais autonomia decisória»

Uma das lições aprendidas neste primeiro ano da pandemia foi a necessidade de as regiões terem mais poder de decisão nas áreas sanitárias, de mobilidade e sobre as infraestruturas vitais, disse hoje o presidente do Governo da Madeira.

Covid-19: Pandemia evidenciou necessidade de «mais autonomia decisória»

Covid-19: Pandemia evidenciou necessidade de «mais autonomia decisória»

Uma das lições aprendidas neste primeiro ano da pandemia foi a necessidade de as regiões terem mais poder de decisão nas áreas sanitárias, de mobilidade e sobre as infraestruturas vitais, disse hoje o presidente do Governo da Madeira.

Uma das lições aprendidas neste primeiro ano da pandemia foi a necessidade de as regiões terem mais poder de decisão nas áreas sanitárias, de mobilidade e sobre as infraestruturas vitais, disse hoje o presidente do Governo da Madeira.

“Acho que também foi importante percebermos nesta pandemia a necessidade de termos maiores poderes de decisão no campo da política”, declarou Miguel Albuquerque.

O presidente do Governo Regional acrescentou que veio demonstrar que a autonomia deve “facultar poderes de decisão na área sanitária, da mobilidade e infraestruturas vitais”.

“Estou a falar do aeroporto onde tivemos grandes dificuldades quando decidimos o encerramento”, sublinhou.

Presidente deixou elogio aos madeirenses

O governante madeirense enunciou, além desta, outras duas lições aprendidas, referindo que a pandemia evidenciou, “mais uma vez” aquela que é a “capacidade e responsabilidade” dos madeirenses que, “nos momentos críticos, tiveram um comportamento exemplar“.

“Acho que seguiram as orientações das autoridades de saúde e, graças a isso, não tivemos consequências mais graves”, salientou.

O chefe do executivo regional de coligação PSD/CDS-PP enfatizou ainda a importância da produção industrial e da agricultura.

“Foi algo que se aprendeu nesta pandemia a nível geral, a nível do mundo, a autossuficiência alimentar, industrial, porque a ideia de que não devíamos produzir e a agricultura é algo que não devíamos considerar, tudo isso está em revisão”, argumentou.

De acordo com os últimos dados divulgados na segunda-feira pela Direção Regional de Saúde, a Madeira registou 38 novos casos de covid-19, todos de transmissão local, constituindo o registo mais baixo de novas infeções diárias desde 01 de janeiro.

A autoridade regional de saúde madeirense também indicou no boletim epidemiológico diário que mais 123 pessoas recuperaram da doença, estando notificados 1.181 casos ativos e outras 327 situações em estudo.

LEIA AINDA
covid-19, pandemia, máscara, enfermeira, coronavírus, hospital
Covid-19: Mais novas 691 infeções e 38 óbitos em 24 horas
Boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde relativo a casos ativos, novas infeções e número de óbitos por covid-19 em Portugal. (… continue a ler aqui)

 

Impala Instagram


RELACIONADOS