Covid-19: Pandemia do novo coronavírus já matou 1.206.525 no mundo

A pandemia do novo coronavírus matou pelo menos 1.206.525 no mundo desde que a OMS relatou o início da doença em dezembro e infetou 46.958.530 pessoas, segundo o levantamento hoje da AFP.

Covid-19: Pandemia do novo coronavírus já matou 1.206.525 no mundo

Covid-19: Pandemia do novo coronavírus já matou 1.206.525 no mundo

A pandemia do novo coronavírus matou pelo menos 1.206.525 no mundo desde que a OMS relatou o início da doença em dezembro e infetou 46.958.530 pessoas, segundo o levantamento hoje da AFP.

Paris, 03 nov 2020 (Lusa) – A pandemia do novo coronavírus matou pelo menos 1.206.525 no mundo desde que a OMS relatou o início da doença em dezembro, segundo o levantamento feito hoje pela agência de notícias AFP de fontes oficiais às 11:00.

Mais de 46.958.530 casos de infeções foram oficialmente diagnosticados desde o início da epidemia, dos quais pelo menos 31.166.300 pessoas já foram consideradas curadas.

O número de casos diagnosticados reflete apenas uma fração do número real de infeções, uma vez que alguns países testam apenas os casos graves, outros priorizam o teste para rastreamento e muitos países pobres têm capacidade limitada de teste, alerta a AFP.

Na segunda-feira, 6.148 novas mortes e 498.791 novos casos foram registados em todo o mundo. Os países que registaram o maior número de novas mortes em seus relatórios mais recentes são os Estados Unidos com 559 novas mortes, Índia (490) e Argentina (483).

Os Estados Unidos são o país mais afetado em termos de mortes e casos, com 231.566 mortes para 9.293.284 casos, de acordo com o levantamento realizado pela Universidade Johns Hopkins. Pelo menos 3.674.981 pessoas foram declaradas curadas.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são o Brasil com 160.253 mortes e 5.554.206 casos, a Índia com 123.097 mortes (8.267.623 casos), o México com 92.100 mortes (933.155 casos) e o Reino Unido Unidos com 46.853 mortes (1.053.864 casos).

Entre os países mais atingidos, o Peru é o que regista o maior número de mortes em relação à sua população, com 105 mortes por 100.000 habitantes, seguido pela Bélgica (102), Espanha (78), Brasil (75).

A China (excluindo os territórios de Hong Kong e Macau) contabilizou oficialmente um total de 86.070 casos (49 novos entre segunda-feira e hoje), incluindo 4.634 mortes e 81.045 pessoas recuperadas.

A América Latina e Caribe totalizaram 403.344 mortes em 11.326.222 casos hoje às 11:00, a Europa 283.829 mortes (10.975.318 casos), os Estados Unidos e Canadá 241.768 mortes (9.532.353 casos), a Ásia 172.277 mortes (10.686.922 casos), o Médio Oriente 60.980 mortes (2.602.606 casos), a África 43.386 mortes (1.805.266 casos) e a Oceania 941 mortes (29.851 casos).

Esta avaliação foi realizada com base em dados recolhidos pelos escritórios da AFP junto das autoridades nacionais competentes e informações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

CSR // FPA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS