Covid-19: Organização Mundial de Saúde aprova uso de vacina da Moderna

Organização Mundial de Saúde anuncia que aprova o uso da vacina da empresa farmacêutica norte-americana Moderna contra a covid-19, recomendando que as duas doses sejam tomadas com um intervalo de 28 dias.

Covid-19: Organização Mundial de Saúde aprova uso de vacina da Moderna

Covid-19: Organização Mundial de Saúde aprova uso de vacina da Moderna

Organização Mundial de Saúde anuncia que aprova o uso da vacina da empresa farmacêutica norte-americana Moderna contra a covid-19, recomendando que as duas doses sejam tomadas com um intervalo de 28 dias.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou esta terça-feira, 26 de janeiro, que aprovou o uso da vacina da empresa farmacêutica norte-americana Moderna contra a covid-19, recomendando que as duas doses sejam tomadas com um intervalo de 28 dias.

O grupo de peritos que aconselha o diretor geral daquela agência das Nações Unidas admite que, em caso de grande necessidade, haja um intervalo de 42 dias entre as doses da vacina, mas desaconselha que se dê apenas uma dose para conseguir que mais pessoas sejam vacinadas, sobretudo em países com uma alta taxa de infeções pelo novo coronavírus.

O anúncio coincide com o cenário em que variantes mais contagiosas do vírus SARS-CoV-2 – como a do Reino Unido ou da África do Sul – começam a ganhar cada vez maior expressão. Esta segunda-feira, 25 de janeiro, tanto a Moderna como Pfizer/BioNTech explicaram que as respetivas vacinas, apesar de oferecerem proteção contra as novas estirpes, são menos eficazes. A Moderna, tal como explica o The New York Times, vai mesmo avançar com um reforço da vacina original, acrescentando mais anticorpos.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 2.129.368 mortos resultantes de mais de 99 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 10.721 pessoas dos 643.113 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

LEIA MAIS
Covid-19: Fronteiras da Nova Zelândia fechadas durante grande parte do ano

 

Impala Instagram


RELACIONADOS