Covid-19: OMS continua a recomendar uso da vacina da AstraZeneca

A OMS continua a recomendar, por agora, a administração da vacina da AstraZeneca contra a covid-19, cuja utilização foi suspensa por vários países devido a possíveis efeitos colaterais.

Covid-19: OMS continua a recomendar uso da vacina da AstraZeneca

Covid-19: OMS continua a recomendar uso da vacina da AstraZeneca

A OMS continua a recomendar, por agora, a administração da vacina da AstraZeneca contra a covid-19, cuja utilização foi suspensa por vários países devido a possíveis efeitos colaterais.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) continua a recomendar a administração da vacina da AstraZeneca contra a covid-19. De recordar que a utilização foi suspensa por vários países devido a possíveis efeitos colaterais.

“Neste momento, a OMS estima que o balanço risco/benefício está a inclinar-se a favor da vacina AstraZeneca e recomenda que as vacinas continuem” a ser administradas, refere em comunicado.

A OMS sublinha que os seus especialistas continuam a “avaliar” os dados sobre os problemas de saúde enfrentados pelas pessoas inoculadas com esta vacina.

Relatos de doenças raras na origem da suspensão

Alguns países da União Europeia, incluindo Portugal, suspenderam temporariamente a utilização da vacina como medida de precaução. Em causa estão os relatos de doenças raras de coagulação sanguínea.

Outros países da UE – tendo considerado a mesma informação – decidiram continuar a utilizar a vacina nos seus programas de vacinação adianta a OMS em comunicado.

O Comité Consultivo Global para a Segurança das Vacinas da OMS está a avaliar os últimos dados de segurança disponíveis para a vacina AstraZeneca. Assim que for concluída, as conclusões serão imediatamente comunicadas ao público.

LEIA AINDA
O número de mortes de residentes nos lares portugueses por covid-19 ascende a 3.750 desde o início da pandemia e até 04 de fevereiro, mostram números da Direção-geral da Saúde (DGS).
Número de mortes em lares devido à covid-19 baixou 98% no último mês
A semana de 08 a 15 de março foi a que registou menos óbitos por covid-19 nos lares, revelou hoje a ministra da Segurança Social, sublinhando uma redução de 98% no último mês. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS