Covid-19: Número de mortes duplicou de 22 para 44 em junho em Moçambique

O número de mortes por covid-19 em Moçambique duplicou de maio para junho, de 22 para 44, e foram registados mais 5.609 casos, cerca de 7% do total, de acordo com os dados do Ministério da Saúde consultados hoje pela Lusa.

Covid-19: Número de mortes duplicou de 22 para 44 em junho em Moçambique

Covid-19: Número de mortes duplicou de 22 para 44 em junho em Moçambique

O número de mortes por covid-19 em Moçambique duplicou de maio para junho, de 22 para 44, e foram registados mais 5.609 casos, cerca de 7% do total, de acordo com os dados do Ministério da Saúde consultados hoje pela Lusa.

O número de internamentos também disparou: no final de maio havia 14 casos internados, no último dia de junho o número era de 186.

Ao todo, em junho passaram pelas camas das unidades de saúde mais 377 pessoas devido à covid-19, pacientes que correspondem a cerca de 10% do total acumulado de internamentos desde o início da pandemia (cumulativo de 3.811 internados).

A subida dos números está em linha com os alertas que têm sido feitos pelas autoridades de saúde sobre a iminência de uma terceira vaga.

Maio tinha sido o mês com o número mais baixo de casos e de mortes por covid-19 desde o pico de 274 óbitos e mais de 20.000 infeções em fevereiro.

No entanto, o cenário mudou nas últimas semanas.

“A variante delta do novo coronavírus, conhecida como ‘variante indiana’, já foi identificada em Moçambique e ela é caraterizada por altos níveis de transmissibilidade, daí o apelo para o cumprimento rígido das medidas gerais de prevenção e combate à pandemia”, referiu o Ministério da Saúde no boletim de atualização de dados de quarta-feira.

O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, anunciou há uma semana um agravamento das medidas de prevenção, em linha com o aumento do número de casos e mortes.

O início do recolher obrigatório noturno nas principais cidades e nalguns locais específicos do país recuou das 23:00 (22:00 em Lisboa) para as 22:00 (21:00 em Lisboa) durando até às 04:00 (03:00 em Lisboa).

Houve uma redução nas lotações permitidas em cultos e celebrações religiosas, conferências e reuniões, os horários de restaurantes e centros comerciais foram encurtados e os teatros, centro culturais e praias voltam a estar fechados.

O país tem um total acumulado de 878 mortes e 76.404 casos, dos quais 93% recuperados.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.940.888 mortos no mundo, resultantes de mais de 181,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP. 

A doença respiratória é provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China. 

LFO // VM

Lusa/Fim

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS