Covid-19: Moçambique regista mais um óbito e sobe total de casos para 3.440

Moçambique registou mais um óbito por covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total de mortes para 21, num dia em que se registaram mais 45 casos, que subiram para 3.440, anunciou o Ministério da Saúde.

Covid-19: Moçambique regista mais um óbito e sobe total de casos para 3.440

Covid-19: Moçambique regista mais um óbito e sobe total de casos para 3.440

Moçambique registou mais um óbito por covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total de mortes para 21, num dia em que se registaram mais 45 casos, que subiram para 3.440, anunciou o Ministério da Saúde.

A vítima, de 54 anos, deu entrada no Hospital Central de Maputo no dia 20, com um quadro de doença crónica e dificuldade respiratória, tendo perdido a vida no dia seguinte, disse Benigna Matsinhe, diretora adjunta de Saúde Pública, na atualização de dados sobre a pandemia no Ministério da Saúde, em Maputo.

“Foi testado para a covid-19 no dia da sua admissão e o resultado saiu positivo no dia 23, um dia após o seu falecimento”, acrescentou Benigna Matsinhe.

Nas últimas 24 horas o país registou ainda 45 novos casos positivos de covid-19, elevando o total para 3.440, dos quais 3.192 são de transmissão local e 248 são importados.

“Os 45 casos novos hoje reportados são todos de nacionalidade moçambicana”, referiu a responsável.

Os novos casos, distribuídos pelas províncias de Maputo (08), Nampula (08), Cabo Delgado (12), Tete (04), Inhambane (01) e cidade de Maputo (12), estão em isolamento domiciliar, indicam as autoridades de saúde.

As autoridades de saúde anunciaram ainda que mais 158 pessoas foram dadas como recuperadas, elevando o total para 1.661 (48%), enquanto outras 10 pessoas estão internadas.

A cidade de Maputo, capital do país, regista o maior número de infeções ativas, com 904, seguida da província de Nampula, com 249, Maputo província, com 242, sendo que as restantes regiões seguem com menos de 200 casos ativos.

Moçambique já testou um total de 87.565 casos suspeitos e foram rastreadas pouco mais de 1,8 milhões de pessoas, desde o anúncio da primeira infeção, em 22 de março.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 809 mil mortos e infetou mais de 23,4 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Entre os países africanos que têm o português como língua oficial, Angola lidera em número de mortos e a Guiné Equatorial em número de casos. Angola regista 96 mortos e 2.171 casos, seguindo-se a Guiné Equatorial (83 mortos e 4.926 casos), Cabo Verde (37 mortos e 3.509 casos), Guiné-Bissau (34 mortos e 2.205 casos), Moçambique (21 mortos e 3.440 casos) e São Tomé e Príncipe (15 mortos e 891 casos).

EYAC//

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS