Covid-19: Moçambique com 65 mortes na última semana, a pior da quarta vaga

Moçambique registou 65 mortes por covid-19 na última semana, segundo dados do Ministério da Saúde, o maior número de óbitos semanais desde que começou a quarta vaga da doença no país, em dezembro.

Covid-19: Moçambique com 65 mortes na última semana, a pior da quarta vaga

Covid-19: Moçambique com 65 mortes na última semana, a pior da quarta vaga

Moçambique registou 65 mortes por covid-19 na última semana, segundo dados do Ministério da Saúde, o maior número de óbitos semanais desde que começou a quarta vaga da doença no país, em dezembro.

Também durante a última semana foram registados mais 17.620 casos, um abrandamento face aos sete dias anteriores em que tinha havido 21.196 infeções, sendo que o total de casos ativos é agora de 37.999.

Moçambique tem hoje 232 pessoas internadas devido à covid-19, mais 31 que há uma semana.

Desde dia 03 de janeiro, o país registou ainda o maior número de casos dados como recuperados, totalizando 12.212, o dobro da semana anterior.

A semana ficou ainda marcada pela realização de 44.478 testes, um abrandamento face aos 48.858 que tinham sido feitos nos sete dias anteriores.

Moçambique tem um total acumulado de 2.096 mortes e 210.991 casos de covid-19, 81% dos quais recuperados.

A covid-19 provocou 5.486.519 mortes em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China.

Uma nova variante, a Ómicron, considerada preocupante e muito contagiosa pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detetada na África Austral, mas desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta, em novembro, foram notificadas infeções em pelo menos 110 países, sendo dominante em Portugal.

LFO//RBF

Lusa/fim

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS