Covid-19: México com 801 mortos e mais de 11 mil casos em 24 horas

O México contou 801 mortes causadas pela covid-19 e 11.228 casos da doença nas últimas 24 horas, disseram as autoridades de saúde.

Covid-19: México com 801 mortos e mais de 11 mil casos em 24 horas

Covid-19: México com 801 mortos e mais de 11 mil casos em 24 horas

O México contou 801 mortes causadas pela covid-19 e 11.228 casos da doença nas últimas 24 horas, disseram as autoridades de saúde.

Cidade do México, 16 dez 2020 (Lusa) – O México contou 801 mortes causadas pela covid-19 e 11.228 casos da doença nas últimas 24 horas, disseram na terça-feira as autoridades de saúde.

O país registou 115.099 mortos e 1.267.202 de contágios desde o início da pandemia, em fevereiro passado.

Na apresentar o relatório técnico diário, a Secretaria da Saúde reconheceu que o número de casos estimados é de 1.442.136, se forem considerados aqueles que aguardam um teste de confirmação.

Por outro lado, apenas 6% dos casos estão ativos, ou seja, 80.162 pessoas com sintomas nas últimas duas semanas.

Os dados mostram uma tendência de subida de 14% nos casos estimados e de 2% no número de óbitos, indicou o diretor-geral de Epidemiologia mexicano, José Luis Alomía.

“A pandemia não terminou, a epidemia no México continua ativa e há muitos meses que comunicámos que se ia observar um aumento dos casos na temporada de inverno”, disse.

O subsecretário de Prevenção e Promoção da Saúde mexicano, Hugo López-Gatell, reconheceu que o país está a atravessar a “segunda vaga” da epidemia depois de um pico de casos em julho.

Com uma população de 130 milhões de habitantes, o México é o quarto país com o maior número de mortes e o 13.º com mais infeções, de acordo com a contagem independente da Universidade norte-americana Johns Hopkins.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.621.397 mortos resultantes de mais de 72,7 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 5.733 pessoas dos 353.576 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS