Covid-19: Metade dos adultos dos EUA já recebeu pelo menos uma dose da vacina

Cerca de 130 milhões de pessoas, o que equivale a metade da população adulta dos Estados Unidos, já recebeu pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19, anunciou hoje a administração norte-americana.

Covid-19: Metade dos adultos dos EUA já recebeu pelo menos uma dose da vacina

Covid-19: Metade dos adultos dos EUA já recebeu pelo menos uma dose da vacina

Cerca de 130 milhões de pessoas, o que equivale a metade da população adulta dos Estados Unidos, já recebeu pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19, anunciou hoje a administração norte-americana.

Segundo os dados do Centro para o Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, quase 84 milhões de adultos, o que representa 32,5% da população, foram já totalmente vacinados contra o vírus SARS-CoV-2.

Os Estados Unidos ultrapassaram a marca de 50% dos adultos vacinados um dia após o número de mortes por covid-19 ter superado os três milhões em todo o mundo, de acordo com dados avançados pela Universidade Johns Hopkins.

De acordo com esta instituição, o país é o mais afetado pela covid-19 a nível mundial, tanto no número de mortos, que já ultrapassou os 566 mil, como no de casos de infeções, mais de 31,6 milhões desde o início da pandemia.

Também hoje o consultor da administração norte-americana para a pandemia, Anthony Fauci, referiu que a vacina da Johnson & Johnson (J&J), que está suspensa nos Estados Unidos e na Europa, deverá voltar a ser administrada nos próximos dias, possivelmente “com restrições”.

Em declarações ao canal ABC, o médico Anthony Fauci adiantou que a decisão dos especialistas sobre a retoma da utilização desta vacina contra a covid-19 de toma única, suspensa desde a última semana, deverá ser conhecida até sexta-feira.

“Não acho que a pausa continuará depois de sexta-feira. Provavelmente teremos uma decisão até lá”, disse Anthony Fauci, referindo-se ao painel de especialistas que está a avaliar as possíveis ligações entre esta vacina e a formação de coágulos sanguíneos graves em pessoas que a receberam.

Mais de 6,8 milhões de doses da vacina da J&J foram administradas nos Estados Unidos.

O Centro para Controlo e Prevenção de Doenças e a Food and Drug Administration (entidade reguladora de alimentos e medicamentos dos Estados Unidos) avançaram, numa declaração conjunta, estar a investigar coágulos sanguíneos detetados em seis mulheres nos dias a seguir a terem tomado a vacina desta farmacêutica, em combinação com contagens de plaquetas reduzidas.

Na quarta-feira, Portugal recebeu as primeiras 31.200 doses desta vacina, denominadas na União Europeia como Janssen, do grupo Johnson & Johnson, que ficarão armazenadas até haver uma decisão do regulador europeu sobre a sua utilização, o que vai acontecer na próxima terça-feira.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.011.975 mortos no mundo, resultantes de mais de 140,6 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.945 pessoas dos 831.001 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

PC (ANE) // VAM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS