Covid-19: Merkel pede à população para seguir “regras básicas” no desconfinamento

A chanceler alemã, Angela Merkel, pediu hoje à população para cumprir as “regras básicas” para evitar a propagação do novo coronavírus, no dia em que o país entra numa “nova fase” de desconfinamento.

Covid-19: Merkel pede à população para seguir

Covid-19: Merkel pede à população para seguir “regras básicas” no desconfinamento

A chanceler alemã, Angela Merkel, pediu hoje à população para cumprir as “regras básicas” para evitar a propagação do novo coronavírus, no dia em que o país entra numa “nova fase” de desconfinamento.

A advertência ocorre numa altura em que, uma semana depois de um primeiro alívio de restrições, com a reabertura de escolas primárias e secundárias e de estabelecimentos comerciais até 800 metros quadrados, o chamado fator R, que mede a taxa de contágio, registou um ligeiro aumento.

“Quero insistir, mais uma vez, que entramos numa nova fase da pandemia e que vai ser necessário, com todas as medidas de desconfinamento, que tenhamos a certeza de que toda a gente segue as regras básicas, ou seja, manter a distância, usar máscara, tapar a boca e o nariz, ter consideração pelos outros”, disse Merkel.

“Isso é muito importante”, frisou a chanceler, que falava à imprensa depois de uma videoconferência com responsáveis do departamento de saúde de Harz (norte), sublinhando a responsabilidade dos departamentos de saúde dos estados federados.

Os receios de que o processo de desconfinamento leve a um aumento dos contágios na Alemanha cresceram depois de os últimos dados divulgados pelo instituto epidemiológico Robert Koch apontarem para um aumento do fator R para 1,1 pelo segundo dia consecutivo.

As palavras de Angela Merkel ocorrem também depois de, no fim de semana, milhares de manifestantes terem protestado em várias cidades contra as regras de distanciamento social e de se terem verificado, segundo a imprensa alemã, numerosos casos de incumprimento do número máximo de pessoas por estabelecimento e da distância de segurança.

Numa reunião com a direção do partido, a União Democrata-Cristã (CDU), também segundo a imprensa alemã, Angela Merkel manifestou desagrado com imagens de muitos cidadãos em estabelecimentos comerciais sem máscara.

A Alemanha registava hoje, segundo números oficiais, 169.575 casos de infeção pelo SARS-CoV-2 (357 nas últimas 24 horas) e 7.417 mortes associadas à covid-19, 22 delas de domingo para hoje.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 282 mil mortos e infetou mais de 4,1 milhões de pessoas em 195 países e territórios. 

Mais de 1,3 milhões de doentes foram considerados curados.

MDR (JYD) // FPA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS