Covid-19: Menos um terço de exportações e um quarto de importações em Moçambique

O abrandamento do comércio externo de Moçambique com a covid-19 levou as exportações a perder um terço do volume e as importações a caírem quase um quarto no segundo trimestre deste ano, anunciou o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Covid-19: Menos um terço de exportações e um quarto de importações em Moçambique

Covid-19: Menos um terço de exportações e um quarto de importações em Moçambique

O abrandamento do comércio externo de Moçambique com a covid-19 levou as exportações a perder um terço do volume e as importações a caírem quase um quarto no segundo trimestre deste ano, anunciou o Instituto Nacional de Estatística (INE).

“As exportações e importações reduziram-se cerca de 33,2% e 23,1%, respetivamente, quando comparadas às do trimestre homólogo de 2019”, lê-se na mais recente síntese de conjuntura económica, consultada hoje pela Lusa.

Segundo os dados provisórios do INE dedicados ao comércio externo, “no segundo trimestre de 2020 o défice da balança comercial de bens fixou-se em cerca de 660,8 milhões de dólares (560 milhões de euros)”.

O período em análise coincide com o irromper da pandemia de covid-19, que está a afetar a economia mundial, e a entrada em vigor do estado de emergência em Moçambique para tentar prevenir a propagação do novo coronavírus.

Os gráficos do INE moçambicano mostram que as exportações, que já seguiam uma queda sazonal no final de 2019, afundaram ainda mais para níveis de há quatro anos, enquanto as importações recuaram para níveis de há cerca de três.

A lista dos principais produtos de exportação mantém-se inalterada: barras e perfis de alumínio (29,0%), carvão mineral (hulha) (19,0%), energia elétrica (13,7%), gás natural (8,9%) e areias pesadas (6,3%).

O volume das exportações rondou cerca de 735,1 milhões de dólares (623 milhões de euros).

Do lado da importação, a lista mantém também o perfil: maquinaria (16,5%), cereais (9,4%) e gasóleo (7,4%), sendo que o volume das importações foi de 1,4 milhões de dólares (cerca de 1,2 milhões de euros).

Alguns dos países que se evidenciaram nas relações comerciais com Moçambique no segundo trimestre como destino das exportações foram a Índia (31,1%), China (28,2%), Emirados Árabes Unidos (9%) e África do Sul (8,5%).

Relativamente às importações, entre os fornecedores para Moçambique, tiveram maior relevo a África do Sul (26,4%), Índia (12,4 %), China (8,8%).

Moçambique tem 43 mortes e um total acumulado de 6.771 casos de covid-19, com 3.622 recuperados (53,5%).

LFO // VM

Lusa/Fim 

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS