Covid-19: Mais dois óbitos e 52 novos infetados em Cabo Verde

Cabo Verde registou mais duas mortes provocadas pela covid-19 nas últimas 24 horas e diagnosticou 52 novos infetados, elevando para 34.738 casos positivos acumulados desde o início da pandemia, informou hoje o Ministério da Saúde.

Covid-19: Mais dois óbitos e 52 novos infetados em Cabo Verde

Covid-19: Mais dois óbitos e 52 novos infetados em Cabo Verde

Cabo Verde registou mais duas mortes provocadas pela covid-19 nas últimas 24 horas e diagnosticou 52 novos infetados, elevando para 34.738 casos positivos acumulados desde o início da pandemia, informou hoje o Ministério da Saúde.

Em comunicado, o ministério cabo-verdiano avançou que do total de 1.117 resultados recebidos, somam-se 52 casos novos positivos de infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, numa taxa de positividade de 4,7%.

Mais de metade dos novos casos foi reportado na ilha de Santiago (34), distribuídos pelos municípios da Praia (25), Santa Catarina (seis), São Salvador do Mundo (dois) e um em São Miguel.

Os restantes 18 infetados foram diagnosticados em São Vicente (10), Ribeira Brava de São Nicolau e Porto Novo de Santo Antão com dois cada, e um cada na Boa Vista, Tarrafal de São Nicolau e São Filipe no Fogo.

Nas últimas 24 horas, as autoridades de saúde reportagem mais duas mortes provocadas pela covid-19, uma em São Vicente e outra no Porto Novo, elevando para 304 o total de óbitos no país desde o início da pandemia.

Em sentido contrário, mais 44 pessoas tiveram alta, aumentando para 33.806 os casos considerados recuperados da infeção.

Cabo Verde chegou assim a um total de 34.738 casos positivos acumulados desde o primeiro em 19 de março de 2020 e contabiliza 606 casos ativos, 13 óbitos por outras causas e nove transferidos.

A covid-19 provocou pelo menos 4.423.173  mortes em todo o mundo, entre mais de 211,3 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.

RIPE // LFS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS