Covid-19: Mais 264 casos, três óbitos e 114 pessoas recuperadas em Angola

Angola reportou, nas últimas 24 horas, mais três óbitos associados à covid-19, 264 novas infeções pelo SARS-CoV-2 e 114 pessoas recuperadas, segundo o boletim epidemiológico da Direção Nacional de Saúde Pública.

Covid-19: Mais 264 casos, três óbitos e 114 pessoas recuperadas em Angola

Covid-19: Mais 264 casos, três óbitos e 114 pessoas recuperadas em Angola

Angola reportou, nas últimas 24 horas, mais três óbitos associados à covid-19, 264 novas infeções pelo SARS-CoV-2 e 114 pessoas recuperadas, segundo o boletim epidemiológico da Direção Nacional de Saúde Pública.

As infeções foram diagnosticadas em Luanda (113), Namibe (81), Huíla (23), Benguela (14), Bié (10), Lunda Sul (7), Huambo (4), Lunda Norte (3), Moxico (3), Cunene (2), Cabinda (2) e Zaire (2), com idades entre 6 meses e 97 anos, sendo 154 do sexo masculino e 110 feminino.

No mesmo período registaram-se três óbitos, dois homens e uma mulher, com idades entre 17 e 42 anos, no Bié, Lunda Norte e Luanda.

Outras 114 pessoas recuperaram da doença, com idades compreendidas entre 06 meses e 90 anos.

Os laboratórios processaram 3.630 amostras, num cumulativo que aponta para 889.810 testes, com uma taxa de positividade de 5,2%.

O país africano contabiliza 46.340 casos de covid-19, dos quais 42.738 recuperados, 2.436 ativos e 1.166 óbitos, contando ainda com 148 doentes internados e 222 pessoas em quarentena institucional.

A covid-19 provocou pelo menos 4.439.888 mortes em todo o mundo, entre mais de 212,4 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 17.645 pessoas e foram contabilizados 1.020.546 casos de infeção confirmados, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.

 

RCR // JH

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS