Covid-19: Maiores de 18 anos começam hoje a ser vacinados

As pessoas entre os 18 e os 29 anos começam hoje a ser vacinadas contra a covid-19 por ordem decrescente de idade, segundo a task force que coordena o plano de vacinação.

Covid-19: Maiores de 18 anos começam hoje a ser vacinados

Covid-19: Maiores de 18 anos começam hoje a ser vacinados

As pessoas entre os 18 e os 29 anos começam hoje a ser vacinadas contra a covid-19 por ordem decrescente de idade, segundo a task force que coordena o plano de vacinação.

As pessoas entre os 18 e os 29 anos começam hoje a ser vacinadas contra a covid-19 por ordem decrescente de idade, segundo a task force que coordena o plano de vacinação. A convocação desta faixa etária é feita através do agendamento central, com os utentes a receberem uma mensagem SMS ou um telefonema dos serviços de saúde, mas o autoagendamento ficará, gradualmente, disponível até aos 18 anos.

Na sequência da fase 2 do plano de vacinação e de um maior número de vacinas recebidas por Portugal, o portal para autoagendamento entrou em funcionamento em 23 de abril para pessoas com 65 ou mais anos e, desde então, tem ficado disponível para marcações das faixas etárias dos 50, 40 e 30 anos.

Um estudo da Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa, divulgado na última semana, indica que 85,7% dos jovens entre os 16 e os 25 pretendem ser vacinado, mas 14,3% ainda não decidiram se vão receber a vacina contra o vírus SARS-CoV-2. Segundo os últimos dados da Direção-Geral da Saúde, 6% da faixa etária entre os 18 e os 24 anos (49.206 pessoas) já receberam a primeira dose da vacina e 5% (35.621) têm a vacinação completa.

ALERTA: HÁ NOVOS SINTOMAS
Principais sintomas da covid-19 mudaram. Estes são os sinais a ter em atenção
Principais sintomas da covid-19 mudaram. Estes são os sinais a ter em atenção
Os dois principais sintomas de infeção pela covid-19 já não são os mesmos, sugere estudo. Muitas pessoas podem não estar a ser corretamente diagnosticadas como consequência disso (… leia aqui e partilhe com a família e os amigos)

“Não haverá regresso à normalidade tal e qual a vivíamos”, avisa ministra da Saúde

ministra da SaúdeMarta Temido, entretanto, avisa que “não haverá regresso à normalidade tal e qual a vivíamos”. “A doença não está ultrapassada”. Teremos de “manter o distanciamento social”, “usar máscara social nos espaços fechados” e manter o mais possível a “higienização das mãos”, adverte.

LEIA MAIS
Parem a destruição da Natureza ou sofram mais e piores pandemias, alertam cientistas
Notícias sobre a pandemia, concelho a concelho, atualizado aqui ao minuto

Impala Instagram


RELACIONADOS