Covid-19: Madeira com mais 13 novos casos

A Madeira registou hoje 13 novos casos de covid-19 – cinco importados e oito de transmissão local – e sete recuperações, indicou o Instituto de Administração da Saúde, adiantando que o total de infeções ativas é agora de 198.

Covid-19: Madeira com mais 13 novos casos

Covid-19: Madeira com mais 13 novos casos

A Madeira registou hoje 13 novos casos de covid-19 – cinco importados e oito de transmissão local – e sete recuperações, indicou o Instituto de Administração da Saúde, adiantando que o total de infeções ativas é agora de 198.

No boletim do IASAÚDE sobre a situação epidemiológica da covid-19 no arquipélago Madeira emitido hoje, é revelado que até ao dia 08 de novembro, foram contabilizadas na Região Autónoma da Madeira 1.991 notificações de casos suspeitos de covid-19, dos quais 1.460 não se confirmaram.

“Hoje há 13 novos casos positivos a reportar, pelo que a Região Autónoma da Madeira passa a contabilizar 531 casos confirmados de covid-19 no território regional”, diz o boletim, tratando-se de cinco casos importados (três provenientes da Venezuela, um do Reino Unido e um da Áustria) e oito casos de transmissão local.

Relativamente aos oito casos de transmissão local confirmados hoje, o IASAÚDE esclarece que dois estão associados a um contacto com viajantes provenientes de fora da região e seis são contactos próximos de casos positivos recentemente identificados, que já estavam a ser acompanhados pelas autoridades de saúde e permaneciam em isolamento profilático.

Este organismo assinala que um dos casos positivos diagnosticado hoje, diz respeito a um profissional de saúde do SESARAM, EPERAM.

Especifica também que, no contexto da investigação epidemiológica dos restantes casos positivos anteriormente identificados, testes de covid-19 estão em curso, sem que, até ao momento, tenham sido identificados outros casos positivos.

Hoje há mais sete casos recuperados a reportar.

A região passa a contabilizar 332 casos recuperados de covid-19, mantendo-se o registo de um óbito associado à covida-19 na região.

O IASAÚDE adianta que “são 198 os casos ativos, dos quais 147 são casos importados identificados no contexto das atividades de vigilância implementadas no Aeroporto da Madeira e 51 são casos de transmissão local.

Relativamente à residência dos casos ativos, 129 são não-residentes e 69 são residentes na região.

No que diz respeito ao isolamento dos casos ativos, 73 pessoas cumprem isolamento numa unidade hoteleira dedicada, 122 em alojamento próprio e três pessoas mantêm-se internadas na Unidade Polivalente dedicada à covid-19.

No total, há 70 novas situações que se encontram hoje em estudo pelas autoridades de saúde, 19 provenientes da operação de rastreio do aeroporto e 51 relacionadas com contactos com casos positivos ou situações reportadas à linha SRS24, estando em curso as respetivas investigações epidemiológicas estão.

À data, 423 contactos de casos positivos estão em vigilância pelas autoridades de saúde dos vários concelhos da região.

Relativamente a viajantes, 13.569 pessoas estão também a ser acompanhadas pelas autoridades, com recurso à aplicação MadeiraSafe e os contactos para a Linha SRS24 (800 24 24 20) totalizam agora 15.606 chamadas, mais 96 chamadas nas últimas 24 horas.

No contexto da operação de rastreio de viajantes nos portos e aeroportos da Madeira e do Porto Santo, há a reportar um total cumulativo de 103.841 colheitas para teste à covid-19 realizadas até às 17:30 de hoje.

No total, as amostras processadas no laboratório de Patologia Clínica do SESARAM, EPERAM para teste de PCR ascendem a 159.759.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.251.980 mortos em mais de 50 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.896 pessoas dos 179.324 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

EC // SF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS