Covid-19: Luxemburgo determina “estado de crise”, fecha estaleiros e parques infantis

O Luxemburgo vai determinar o “estado de crise”, que lhe permite tomar decisões legislativas rápidas, e encerrar todos os estaleiros de obras e parques infantis.

Covid-19: Luxemburgo determina

Covid-19: Luxemburgo determina “estado de crise”, fecha estaleiros e parques infantis

O Luxemburgo vai determinar o “estado de crise”, que lhe permite tomar decisões legislativas rápidas, e encerrar todos os estaleiros de obras e parques infantis.

Luxemburgo, 17 mar 2020 (Lusa) — O Luxemburgo vai determinar o “estado de crise”, que lhe permite tomar decisões legislativas rápidas, e encerrar todos os estaleiros de obras e parques infantis, anunciou hoje o governo do grão-ducado.

 O país, que no âmbito da luta contra a Covid-19 já fechou os seus bares, restaurantes, escolas e proibiu as visitas aos lares de idosos, não prevê, no entanto, para já o confinamento total.

O estado de crise, por um período máximo de três meses, vai ser determinado pela votação de um texto nos próximos 10 dias. Permite decisões legislativas rápidas sem passar pelo parlamento, através de regulamentos ou decretos.

O governo não poderá, contudo, tomar medidas excecionais que não estejam relacionadas com a crise do coronavírus.

O primeiro-ministro do Luxemburgo, Xavier Bettel, apelou à população para ficar em casa e à generalização do teletrabalho num discurso na Câmara dos Deputados, com uma assistência mais fraca devido ao vírus.

Todos os deputados com mais de 65 anos foram mandados para casa e determinou-se a existência de dois lugares vazios entre cada lugar ocupado por um parlamentar.

O Luxemburgo contabiliza até hoje 140 contaminados por coronavírus e uma morte.

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou mais de 180.000 pessoas em todo o mundo, das quais mais de 7.000 morreram.

 

PAL // ANP

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS