Covid-19: Itália soma 835 casos e elimina uso obrigatório de máscara no exterior

A Itália registou 835 novas infeções com o novo coronavírus e 31 mortes, nas últimas 24 horas, anunciaram hoje as autoridades sanitárias, que confirmou que a partir de segunda-feira não será obrigatório o uso de máscara ao ar livre.

Covid-19: Itália soma 835 casos e elimina uso obrigatório de máscara no exterior

Covid-19: Itália soma 835 casos e elimina uso obrigatório de máscara no exterior

A Itália registou 835 novas infeções com o novo coronavírus e 31 mortes, nas últimas 24 horas, anunciaram hoje as autoridades sanitárias, que confirmou que a partir de segunda-feira não será obrigatório o uso de máscara ao ar livre.

A Itália registou 835 novas infeções com o novo coronavírus e 31 mortes, nas últimas 24 horas, anunciaram hoje as autoridades sanitárias, que confirmou que a partir de segunda-feira não será obrigatório o uso de máscara ao ar livre.

Com estes números, a Itália acumula 4.254.294 infeções desde o início da crise sanitária, em fevereiro de 2020, enquanto 127.322 pessoas morreram.

O número de novas infeções permanece no mínimo, aos níveis de setembro passado, embora sejam superiores às 495 infeções registadas na segunda-feira, um dia em que cerca de 110.000 testes a menos foram realizados.

A situação nos hospitais continua a melhorar e das 72.964 pessoas que estão infetadas, 2.289 estão internadas, 101 a menos que segunda-feira, e 362 estão em unidades de cuidados intensivos, 23 a menos.

A campanha de vacinação continua a avançar e mais de 166,1 milhões de pessoas já receberam as doses completas, ou seja 29,95% da população maior de 12 anos, e já foram administradas 46,8 milhões de doses, no total.

Desde segunda-feira, todas as regiões do país estão na “zona branca”, o que significa que se mantêm sem restrições, para além do uso obrigatório de máscaras, e as autoridades sanitárias italianas não se mostram, para já, preocupadas com a presença da variante Delta.

Para além de não ser necessário impor novas regras de restrição — mantendo-se o comércio e a restauração a funcionar normalmente – até o uso de máscara poderá vir a deixar de ser obrigatório nos espaços exteriores, a partir da próxima segunda-feira, de acordo com as indicações do ministro da Saúde, Roberto Speranza, após aprovação da Comissão Técnica e Científica, que assessora o Governo no combate à pandemia.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS