Covid-19: Itália soma 2.490 novos casos e ultrapassa as 10 milhões de imunizações

A Itália registou hoje 2.490 novos casos de covid-19 e 110 mortes nas últimas 24 horas, segundo o Ministério de Saúde, enquanto avança a campanha de vacinação que hoje ultrapassou as 10 milhões de pessoas totalmente imunizadas.

Covid-19: Itália soma 2.490 novos casos e ultrapassa as 10 milhões de imunizações

Covid-19: Itália soma 2.490 novos casos e ultrapassa as 10 milhões de imunizações

A Itália registou hoje 2.490 novos casos de covid-19 e 110 mortes nas últimas 24 horas, segundo o Ministério de Saúde, enquanto avança a campanha de vacinação que hoje ultrapassou as 10 milhões de pessoas totalmente imunizadas.

Com esses números, o país totaliza 4.194.672 contágios e 125.335 óbitos desde que começou a emergência sanitária, em fevereiro de 2020.

Dos 276.439 atualmente positivos, a maioria está a recuperar em casa com sintomas leves ou sem sintomas, enquanto 10.332 estão hospitalizados, menos 239 do que no domingo.

Desses, 1.382 estão internados em Unidades de Cuidados Intensivos, menos 28 do que na véspera.

Quanto à campanha de vacinação, a Itália ultrapassou hoje a marca dos 10 milhões de imunizados contra a covid-19, uma vez que 10.189.847 pessoas já receberam o esquema completo da vacina, ou seja, 17,20% da população.

No total, já foram administradas 30.900.385 doses de fármacos contra o vírus.

O governo italiano continua a flexibilizar as restrições atuais, dada a redução de infeções e o avanço da campanha de vacinação.

A partir de hoje, todas as regiões italianas são classificadas como “zonas amarelas”, ou de baixo risco, o que significa que o país voltou ao nível mais próximo da normalidade desde há um ano, numa altura em que se tornou no epicentro da doença na Europa.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.465.398 mortos no mundo, resultantes de mais de 166,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

AXYG // EL

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS