Covid-19: Itália regista mais 552 casos no maior aumento desde fim do confinamento

A Itália registou um aumento nas infeções de covid-19, com 552 contra as 402 de 5.ª-feira, e ainda 3 mortes nas últimas 24 horas, segundo dados divulgados hoje pelo Ministério da Saúde.

Covid-19: Itália regista mais 552 casos no maior aumento desde fim do confinamento

Covid-19: Itália regista mais 552 casos no maior aumento desde fim do confinamento

A Itália registou um aumento nas infeções de covid-19, com 552 contra as 402 de 5.ª-feira, e ainda 3 mortes nas últimas 24 horas, segundo dados divulgados hoje pelo Ministério da Saúde.

Esses são os piores números desde o fim do confinamento no país, em junho, onde um total de 249.756 pessoas foram infetadas após a deteção do primeiro caso, a 21 de fevereiro.

O balanço de vítimas mortais, contando com as últimas três, chega a 35.190 pessoas, de acordo com os números oficiais.

Nas últimas 24 horas, foram realizados 59.196 testes de coronavírus, um pouco mais do que os 58.673 do dia anterior.

Entre as regiões onde as infeções aumentaram mais está Veneto, no norte, com 183 novos casos num dia.

O presidente da região, Luca Zaia, garantiu que os casos positivos têm ocorrido principalmente em pessoas que voltaram de férias no exterior ou noutras regiões do país.

No país aumentaram em 13 os pacientes internados com sintomas, num total de 779, enquanto nos cuidados intensivos estão 42, sem alterações relativamente a quinta-feira.

A maioria dos casos positivos, 12.103, estão atualmente em isolamento domiciliário.

O governo italiano planeia estender o uso de máscara até 31 de agosto em locais fechados, num novo decreto cuja divulgação está prevista para as próximas horas.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 715 mil mortos e infetou mais de 19,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

 

AXYG // EL

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS