Covid-19: Itália regista 27 mortes e 4.845 novos casos nas últimas 24 horas

A Itália registou 4.845 novos casos de covid-19 e 27 mortes nas últimas 24 horas, o segundo pior número de falecidos no último mês, anunciou hoje o Ministério da Saúde.

Covid-19: Itália regista 27 mortes e 4.845 novos casos nas últimas 24 horas

Covid-19: Itália regista 27 mortes e 4.845 novos casos nas últimas 24 horas

A Itália registou 4.845 novos casos de covid-19 e 27 mortes nas últimas 24 horas, o segundo pior número de falecidos no último mês, anunciou hoje o Ministério da Saúde.

O número total de contágios desde fevereiro de 2020 subiu para 4.363.374, enquanto o total de óbitos é de 128.115.

Os dados de mortalidade, em queda na última semana, sofreram hoje um aumento para 27 óbitos, o pior número desde 05 de julho, quando 31 pessoas morreram.

Por outro lado, o aumento de infeções continua e hoje foram registados um aumento de 323 casos em relação a terça-feira da semana passada.

Atualmente, 258 pessoas estão internadas em Unidades de Cuidado Intensivo (UCI), mais nove do que na segunda-feira, enquanto 2.196 estão hospitalizadas, mais 126 do que na véspera.

A Itália administrou 69,39 milhões de vacinas e mais de 33 milhões de pessoas receberam as duas doses, o equivalente a 61,11% da população com mais de 12 anos de idade.

O país exige o uso de máscara em espaços fechados, mas a partir de sexta-feira via ser também obrigatório mostrar o certificado sanitário para o acesso a algumas atividades de lazer, como espetáculos, museus ou o interior de bares e restaurantes.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 4.234.618 mortos em todo o mundo, entre mais de 198,8 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

AXYG // EL

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS