Covid-19: Itália com 5.600 novos casos e mais ocupação hospitalar em várias regiões

A Itália registou 5.636 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas e o maior número de mortos num mês, 31, anunciou hoje o Ministério da Saúde, enquanto aumenta a ocupação hospitalar.

Covid-19: Itália com 5.600 novos casos e mais ocupação hospitalar em várias regiões

Covid-19: Itália com 5.600 novos casos e mais ocupação hospitalar em várias regiões

A Itália registou 5.636 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas e o maior número de mortos num mês, 31, anunciou hoje o Ministério da Saúde, enquanto aumenta a ocupação hospitalar.

As novas infeções, mais 800 que na terça-feira passada, elevam para 4.406.241 o total de casos detetados desde o início da pandemia, em fevereiro de 2020, ao passo que o total de mortos é 128.273.

Apesar do aumento de contágios, nos últimos dias, o crescimento dos novos casos é menor, como demonstram os dados semanais.

O número de mortos hoje comunicado é o mais elevado desde 05 de julho, dia em que se registou o mesmo número de mortes.

Embora longe dos números alarmantes como os alcançados nos piores momentos da pandemia, a ocupação hospitalar continua em alta em sete regiões: a ilha da Sicília (sul), perto dos 14% de ocupação com doentes com covid-19; Abruzos, Campânia, Molise e Apúlia (sul); Emília-Romanha (norte) e Lácio (centro), cuja capital é Roma.

Das 116.323 pessoas neste momento com a doença covid-19, 3.202 estão internadas em hospitais de todo o país, mais 93 que no dia anterior, e 322 encontram-se em unidades de cuidados intensivos, menos uma que no dia anterior.

Quanto à campanha de vacinação, Itália administrou 72,33 milhões de doses, e já receberam a vacinação completa 34,81 milhões de pessoas, o equivalente a 64,46% da população maior de 12 anos.

Desde a semana passada, é exigido em alguns contextos o certificado sanitário, que demonstra que o seu portador foi vacinado, recuperou da doença ou tem um teste negativo recente.

O documento, conhecido como ‘Green Pass’, é obrigatório em Itália para consumir dentro de bares e restaurantes, bem como para entrar em museus, teatros, cinemas, ginásios e grandes eventos como concertos.

A covid-19 provocou pelo menos 4.303.610 mortes em todo o mundo, entre mais de 203,3 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse, com base em dados oficiais.

Em Portugal, morreram, desde março de 2020, 17.502 pessoas e foram registados 990.293 casos de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, a Índia, a África do Sul, o Brasil e o Peru.

ANC // EL

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS