Covid-19: Itália com 4.717 novos casos está perto dos 30 milhões de vacinas

Itália registou 4.717 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, assim como 125 mortes, anunciou o Ministério da Saúde italiano, assinalando a melhoria da situação epidemiológica.

Covid-19: Itália com 4.717 novos casos está perto dos 30 milhões de vacinas

Covid-19: Itália com 4.717 novos casos está perto dos 30 milhões de vacinas

Itália registou 4.717 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, assim como 125 mortes, anunciou o Ministério da Saúde italiano, assinalando a melhoria da situação epidemiológica.

Roma, 22 mai 2021 (Lusa) — Itália registou 4.717 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, assim como 125 mortes, anunciou hoje o Ministério da Saúde italiano, assinalando a melhoria da situação epidemiológica quando se aproxima das 30 milhões de vacinas administradas.

Os dados mais recentes, citados pela agência noticiosa espanhola Efe, representam uma diminuição de 31% das infeções e 20% das mortes em relação aos dados da semana passada.

Com estes números, Itália acumulou, desde o primeiro caso no país, em fevereiro de 2020, 4.188.290 casos oficiais da doença provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, dos quais 125.153 morreram.

Atualmente, as autoridades italianas contabilizam 283.744 casos ativos, estando a maioria assintomática ou com sintomas ligeiros, a recuperar em casa.

Entre os infetados, 10.918 estão hospitalizados (menos 476 que na quinta-feira), incluindo 1.430 em cuidados intensivos (menos 39 que na sexta-feira).

Relativamente à vacinação, as autoridades de saúde administraram 29.969.854 doses de vacinas contra a covid-19, sendo que 9.759.934 pessoas, cerca de 16,47% da população, estão totalmente imunizadas por terem recebido as doses necessárias previstas pelo plano.

O Governo italiano continua a diminuir as restrições no país, dada a redução do número de infeções e o progresso da campanha de vacinação.

Até agora, apenas a região do Vale de Aosta, no norte do país, permanece na “zona laranja”, de risco médio de infeção, devendo todo o país passar, na segunda-feira, à “zona amarela”, a menos restritiva”.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.419.488 mortos no mundo, resultantes de mais de 164,8 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

JYO // ACG

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS