Covid-19: Itália com 13.000 novos infetados e 20 milhões de doses de vacinas

A Itália registou 12.965 novos infetados e 226 mortos nas últimas 24 horas, números semelhantes aos registados nesta semana, com mais de 20 milhões de doses de vacinas.

Covid-19: Itália com 13.000 novos infetados e 20 milhões de doses de vacinas

Covid-19: Itália com 13.000 novos infetados e 20 milhões de doses de vacinas

A Itália registou 12.965 novos infetados e 226 mortos nas últimas 24 horas, números semelhantes aos registados nesta semana, com mais de 20 milhões de doses de vacinas.

Roma, 01 mai 2021 (Lusa) – A Itália registou 12.965 novos infetados e 226 mortos nas últimas 24 horas, números semelhantes aos registados nesta semana, com mais de 20 milhões de doses de vacinas, apesar dos atrasos iniciais.

Nas últimas 24 horas, o número de mortos por SARS-CoV-2 foi de 226, o que aumenta o número de vítimas mortais para 121.033, desde que foi declarado o estado de emergência sanitária em fevereiro do ano passado.

O aumento de quase 13.000 novos infetados está em linha com o registado nos últimos dias, embora seja um pouco inferior, com o número global de infetados a subir para 4.035.617.

Além disso, a pressão nos hospitais continua a diminuir e das 430.542 pessoas atualmente infetadas com o vírus, a grande maioria está em isolamento em casa, enquanto 18.381 estão internadas, menos 559 que na sexta-feira.

Destes, 2.522 pessoas estão nos cuidados intensivos, ou seja, menos 61 que no dia anterior.

Por outro lado, a campanha de vacinação avança, num país que, em parte, apresenta um nível de risco moderado e com as esplanadas e as atividades de lazer abertas até às 22 horas locais.

Até ao momento, foram ultrapassadas as 20 milhões de doses, abrangendo as pessoas com 70 a 80 anos, profissionais de saúde e professores, enquanto os imunizados, com a vacinação completa, somam agora os 6.027.879.

O governo italiano conseguiu atingir o meio milhão de doses diárias, apesar dos atrasos iniciais, e agora pretende alcançar em junho um milhão de doses diárias, disse o comissário para a Emergência, general Francesco Figliuolo, na edição de hoje de “La Repubblica”.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.182.408 mortos no mundo, resultantes de mais de 151,3 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

JS // SF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS