Covid-19: Israel ultrapassa as 2.000 mortes devido à doença

Israel já ultrapassou as 2.000 mortes devido à covid-19, num momento em que o país permanece confinado pela quarta semana para conter o surto do novo coronavírus.

Covid-19: Israel ultrapassa as 2.000 mortes devido à doença

Covid-19: Israel ultrapassa as 2.000 mortes devido à doença

Israel já ultrapassou as 2.000 mortes devido à covid-19, num momento em que o país permanece confinado pela quarta semana para conter o surto do novo coronavírus.

O Ministério da Saúde informou na terça-feira que houve o registo de mais cinco mortes, elevando os óbitos no país para 2.021.

Israel, que confirmou mais de 295.000 casos positivos do novo coronavírus (1.006 nas últimas 24 horas), recebeu elogios no início deste ano devido à sua rápida imposição de restrições de viagens para limitar a propagação da pandemia.

No entanto, depois de suspender o primeiro confinamento geral imposto em maio, novos casos de contágio do vírus aumentaram rapidamente.

O Governo do primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, impôs um segundo confinamento geral em 18 de setembro, quando a taxa de infeção per capita cresceu para uma das mais altas do mundo.

A taxa de infeção de Israel está a diminuir gradualmente e o governo está a estudar como e quando começará a suspender as restrições impostas à população.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e setenta e sete mil mortos e mais de 37,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.094 pessoas dos 87.913 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

CSR // FPA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS