Covid-19: Início do ano letivo com rastreios no 3.º ciclo e secundário

As escolas do 3.º ciclo e ensino secundário vão realizar rastreios à covid-19 no início do próximo ano letivo e a testagem vai abranger todos – Ministério da Educação.

Covid-19: Início do ano letivo com rastreios no 3.º ciclo e secundário

Covid-19: Início do ano letivo com rastreios no 3.º ciclo e secundário

As escolas do 3.º ciclo e ensino secundário vão realizar rastreios à covid-19 no início do próximo ano letivo e a testagem vai abranger todos – Ministério da Educação.

Lisboa, 26 ago 2021 (Lusa) — As escolas do 3.º ciclo e ensino secundário vão realizar rastreios à covid-19 no início do próximo ano letivo e a testagem vai abranger professores, funcionários e alunos, anunciou hoje o Ministério da Educação.

A decisão do Ministério da Educação surge na sequência de um parecer emitido hoje pela Direção-Geral da Saúde (DGS), que recomenda “um ‘screening’ dirigido à comunidade escolar”, independentemente de as pessoas estarem ou não vacinadas.

O próximo ano letivo arranca entre 14 e 17 de setembro e até 15 de outubro deverão ser testados todos os alunos e funcionários do 3.º ciclo e secundário. Segundo a tutela, os rastreios vão decorrer em três fases.

Até ao final da primeira semana de aulas, serão testados os professores e funcionários dos dois ciclos, num exercício que começa a 06 de setembro e termina no dia 17. Seguem-se os alunos do secundário nas duas semanas seguintes, entre 20 de setembro e 01 de outubro, e finalmente os alunos do 3.º ciclo, entre 04 e 15 de outubro.

Em comunicado, o Ministério da Educação justifica a medida referindo “o sucesso da Estratégia Nacional de Testes para SARS-CoV-2”, que demonstrou a relação entre casos de infeção em contexto escolar e a incidência na comunidade.

O parecer da DGS refere ainda que “esta testagem faz-se sem prejuízo da realização futura de testes por motivo de investigação de casos, contactos e/ou surtos na comunidade escolar”.

Além dos rastreios no início do ano letivo, uma parte significativa da comunidade escolar já deverá estar vacinada nessa altura.

Os professores e funcionários começaram a ser vacinados contra a covid-19 ainda durante o ano letivo passado, em março, estando atualmente a decorrer a vacinação dos mais novos, a partir dos 12 anos.

Só no fim de semana de 14 e 15 de agosto foram vacinados mais de 160 mil jovens entre os 16 e 17 anos e no sábado e domingo receberam a primeira dose da vacina cerca de 148 mil jovens entre os 12 e 15 anos.

O próximo fim de semana também será dedicado a estas faixas etárias, que deverão ter a vacinação completa até 19 de setembro, segundo o calendário definido pela ‘task-force’ responsável pelo plano de vacinação.  

 

MYCA // HB

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS